Taxa de ocupação de UTIs diminui em Joinville

Município confirmou, nesta quarta-feira (23), três mortes em decorrência da Covid-19

A maior cidade de Santa Catarina continua classificada em risco gravíssimo para a pandemia do coronavírus, mas de acordo com os dados divulgados pelo boletim do município nesta quarta-feira (23), a taxa de ocupação de leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva), um dos principais fatores levados em consideração para a classificação, diminuiu.

Dos 124 leitos exclusivos para o tratamento de pacientes com a Covid-19, 41 estão disponíveis, fazendo com que a taxa de ocupação fique em 67%.

O município confirmou, ainda, outras três mortes em decorrência do coronavírus, três mulheres entre 51 e 80 anos. Com isso, a cidade já soma 316 óbitos desde o mês de março.

Desde o início da pandemia, Joinville confirmou 19.787 casos. Destes, 18.292 já se recuperaram da doença. 

+

Saúde