Técnica de enfermagem morre por Covid-19 sem conseguir leito em SC

Eliandre Boscato, de 43 anos, estava internada no Hospital Regional Terezinha Gaio Basso, em São Miguel do Oeste

A técnica de enfermagem Eliandre Boscato, de 43 anos, foi mais uma vítima da Covid-19 que morreu à espera de um leito de UTI (Unidade de Terapia Intensiva), no Oeste de Santa Catarina. Eliandre estava internada no HRTGB (Hospital Regional Terezinha Gaio Basso), em São Miguel do Oeste, no Extremo-Oeste do Estado. Após não conseguir uma vaga na UTI, ela foi a óbito na última segunda-feira (1º).

A técnica de enfermagem morreu a espera de um leito – Foto: Arquivo PessoalA técnica de enfermagem morreu a espera de um leito – Foto: Arquivo Pessoal

O COREN/SC (Conselho Regional de Enfermagem de Santa Catarina), publicou uma nota lamentando o falecimento de Eliane. Ela era natural de São Carlos, no Oeste do Estado, e trabalhava há mais de 10 anos na Associação Hospitalar Padre João Berthier, no seu município de nascimento. 

COREN/SC pede segurança aos profissionais

Na nota, o COREN/SC disse que Eliane foi internada no dia 20 de fevereiro, mas no último fim de semana, devido a piora no estado de saúde, foi transferida para São Miguel do Oeste, onde aguardava um leito de UTI. Eliane deixou uma filha, familiares e amigos. 

O COREN/SC destacou que está atuando diretamente na defesa dos profissionais de Enfermagem, exigindo medidas urgentes de distanciamento e apoio da população, fiscalizando as ações do exercício profissional e denunciando às autoridades os desafios da categoria que luta para salvar vidas.

Posição do hospital

O Hospital Regional Terezinha Gaio Basso – Instituto Santé, declarou, por meio de nota, que todos os pacientes com a Covid-19 que aguardam leitos/transferência recebem a devida assistência médica com equipamentos (respiradores) e medicamentos adequados para o quadro.

De acordo com o hospital, os óbitos desses pacientes ocorrem pelo quadro grave que apresentam, causado pela doença e não pela falta de assistência. Na maioria dos casos, essas pessoas já são recebidas em estado grave, evoluindo a óbito rapidamente.

Participe do grupo e receba as principais notícias
de Chapecó e região na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.

+

Saúde