Terceira fase de vacinação contra a gripe começa nesta segunda-feira (4) em Florianópolis

Etapa foi antecipada pois o município superou a meta de vacinação de doenças crônicas estabelecida pelo Ministério da Saúde

Na segunda fase da campanha, foram imunizadas 7.500 pessoas com doenças crônicas na cidade, número que representa 125% da meta determinada pelo Ministério da Saúde para Florianópolis – Leonardo Sousa/PMF/Divulgação/NDNa segunda fase da campanha, foram imunizadas 7.500 pessoas com doenças crônicas na cidade, número que representa 125% da meta determinada pelo Ministério da Saúde para Florianópolis – Leonardo Sousa/PMF/Divulgação/ND

A terceira fase de vacinação contra a gripe em Florianópolis, para novo público-alvo, terá início na próxima segunda-feira (4). A etapa foi antecipada pois o município superou a meta de vacinação de doenças crônicas estabelecida pelo Ministério da Saúde, que era de 5.844. Foram imunizadas 7.500 pessoas, número que representa 125% da meta determinada para a cidade.

Na semana que vem podem receber as doses contra a influenza na Capital idosos, pessoas com idade entre 55 e 59 anos, gestantes e puérperas, crianças menores de seis anos, professores, motoristas de transporte coletivo e caminhoneiros, forças policiais e profissionais da saúde. No entanto, quem ainda não se vacinou nas duas primeiras etapas também pode receber as doses.

Priscila Amarante da Costa, que mora do bairro Capoeiras, aguarda ansiosa para vacinar o filho Pedro, de 4 anos, e também receber a imunização, já que está grávida da primeira filha.  “Se eu conseguir vou logo na segunda-feira (4) até um dos postos onde aplicarão as doses. Todos os anos eu levo o meu filho para tomar a vacina da gripe, além das doses do calendário. Neste ano, principalmente, precisamos nos proteger o máximo possível até que acabe essa pandemia”, afirma.

Pontos para a imunização

Serão disponibilizados 11 pontos para a vacinação, nas regiões Central, Continental, Norte e Sul. O prefeito de Florianópolis destaca a necessidade da imunização para os grupos prioritários. “Enfrentamos a pandemia do novo coronavírus, por isso é importante que todos cuidem da saúde e estejam protegidos de doenças como a gripe, por meio da imunização”, destaca.

A administração municipal orienta ainda que todas as pessoas devem utilizar máscaras de pano para ir até os locais especificados para a vacinação. A utilização das máscaras deve ser seguida assim como em quaisquer lugares da cidade, como mais uma medida de prevenção ao novo coronavírus.

Município também superou a meta estimada pelo Ministério da Saúde para vacinação de idosos (90%) e alcançou 95,7% de cobertura vacinal  para essa população – Cristiano Andujar/PMF/Divulgação/NDMunicípio também superou a meta estimada pelo Ministério da Saúde para vacinação de idosos (90%) e alcançou 95,7% de cobertura vacinal  para essa população – Cristiano Andujar/PMF/Divulgação/ND

Fases anteriores da campanha

Na segunda fase da campanha, realizada dos dias 27 a 30 deste mês, foram imunizados contra a influenza profissionais das forças de segurança e salvamento, portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais, funcionários do sistema prisional, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos sob medidas socioeducativas; população privada de liberdade, caminhoneiros, motoristas de transporte coletivo e portuários. Todas as medidas de organização da oferta de vacinas têm como objetivo garantir a imunização dos grupos elegíveis com o cuidado de evitar aglomerações.

O município também superou a meta estimada pelo Ministério da Saúde para vacinação de idosos (90%), público-alvo da primeira fase da campanha de imunização contra a influenza na cidade, e alcançou 95,7% de cobertura vacinal  para essa população.

É importante levar par os postos documentos como carteira de identidade e CPF, receita ou atestado médico, registro de trabalho, carteira profissional ou contracheque.

Confira abaixo os grupos abrangidos nessa fase da campanha quais documentos é necessário levar para a vacinação a partir de segunda-feira (4):

-Idosos (+ 60 anos) – documento de identificação;

-Pessoas com idade entre 55-59 anos -documento de identificação;

– Gestantes e puérperas (45 dias pós-parto) – carteira/cartão vacinação

– Crianças menores de 6 anos – carteira vacinação

– Professores –  contracheque

– Motoristas de transporte coletivo e caminhoneiros

– Forças policiais

-Profissionais de saúde

Postos de vacinação

Região Central

De segunda (04) a sexta-feira (08).  UFSC Trindade- Centro de Cultura e Eventos

05/05- Caminhão vacinação – Saco Grande (Rod. Virgílio Várzea, 1313, Praça em frente Conselho de Moradores).

07/05- Caminhão de vacinação – Agrônomica, Praça do Antão – Morro da Cruz

Continente

De segunda (04) a sexta-feira (08):

  1. NEIM Dona Cota – Rua João Meirelles, n° 1515 – Abraão
  2. NEIM Maria Barreiros – Rua João Evangelista da Costa, n° 455 – Coloninha
  3. NEIM Nagib Jabor – Rua Professor Clementino de Brito, n° 570 – Estreito

Região Norte

De segunda (04) a sexta-feira (08):

E.B.M. Herondina Medeiros: Servidão Três Marias, n. 1072, Ingleses

E.B.M. Maria da Conceição Nunes: Rua Luiz Duarte Soares, n° 437 – Rio Vermelho

E.B.M. Virgílio Várzea: Rua Manoel Mancellos Moura, n° 170 – Canasvieiras

Região Sul

5 e 6/05 – EBM Batista Pereira – Rodovia Baldicero Filomeno n 3000 – Alto Ribeirão

7/05 e 8/05- Drive-thru (Polícia Rodoviária Estadual do Sul da Ilha – Rodovia SC 405 KM 7). Bairro Rio Tavares, n. 3945.

Conforme determina a Lei Municipal nº 10.199, de 27 de março de 2017, a Prefeitura Municipal de Florianópolis informa que a produção deste conteúdo não teve custo, e sua veiculação custou R$2.000,00 reais neste portal.

+

Prefeitura de Florianópolis