Tomou dose de reforço da Janssen? Saiba quais os efeitos colaterais mais comuns

Santa Catarina começou a aplicar a dose de reforço do imunizante nesta semana; ND+ lista sintomas mais comuns e os menos frequentes

Santa Catarina recebeu novo lote de vacinas da Janssen nesta semana. O objetivo do Estado é aplicar o imunizante contra a Covid-19 como dose de reforço para quem tomou a primeira dose do mesmo.

SC começou a aplicar a dose de reforço da Janssen – Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência BrasilSC começou a aplicar a dose de reforço da Janssen – Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

Como a vacina deste fabricante foi menos aplicada no país que as demais, como a Pfizer, por exemplo, acabam surgindo dúvidas sobre quais reações ele pode causar. O ND+ traz a você leitor todos os detalhes.

De acordo com a plataforma do governo de Santa Catarina, até a noite desta sexta-feira (10) 260.744 pessoas receberam a vacina da Janssen.

Segundo a bula deste imunizante, as reações da dose de reforço podem ser diferentes em cada tipo de pessoa, sendo mais ou menos forte.

A maioria dos possíveis efeitos colaterais ocorre em um ou dois dias após a pessoas tomar a vacina. Entre os efeitos mais comuns da vacina estão a vermelhidão no local da aplicação, inchaço, dor de cabeça, sensação de muito cansaço, dores musculares, náuseas e febre.

Confira os sintomas mais comuns (afetam mais de uma a cada 10 pessoas):

  • Náusea
  • Dores musculares
  • Dor de cabeça
  • Dor no local da aplicação
  • Sensação de muito cansaço

Sintomas comuns (atingem uma a cada 10 pessoas):

  • Febre
  • Tosse
  • Dor nas articulações
  • Vermelhidão no local da aplicação
  • Inchaço no local da aplicação
  • Arrepios

Sintomas incomuns (atingem uma a cada 100 pessoas):

  • Fraqueza muscular
  • Diarreia
  • Tontura
  • Sentimento incomum na pele
  • Tremor
  • ​​Suor excessivo
  • formigamento ou sensação de formigamento
  • Irritação na pele​
  • Dor no braço ou na perna
  • Sensação de fraqueza
  • ​Sensação de indisposição geral​
  • Espirros
  • ​Dor de garganta​
  • Dor nas costas

Sintomas raros (atingem uma a cada 1 mil pessoas):

  • Urticária
  • Diminuição dos sentidos ou sensações
  • Vômito
  • Coágulos sanguíneos nas veias
  • Reação alérgica
  • Gânglios linfáticos inchados
  • Barulho persistente nos ouvidos

Importante

Se você tomou a vacina e teve menos ou mais reações, isso não é um indicativo da eficiência da vacina. O infectologista e coordenador do curso de Medicina da Univali, Pablo Sebastian Velho, explica que cada organismo age de maneira diferente.

Longas filas durante a aplicação da dose de reforço da Janssen em Joinville – Foto: Felipe Vecchio/NDLongas filas durante a aplicação da dose de reforço da Janssen em Joinville – Foto: Felipe Vecchio/ND

“Tenho pacientes que fizeram a vacina e não tiveram nada, enquanto colegas médicos ficaram incapacitados no mesmo dia. É diferente”, ressalta. O infectologista também destaca que as vacinas são seguras e que os efeitos adversos são normais.

O que fazer se tiver reações à vacina

Pablo explica que o estado de febre por 48 horas, além de dor no local da aplicação e desconforto no corpo são comuns. “Isso é benigno, transitório e vai passar”, destaca.

Ele recomenda que o paciente não faça uso de anti-inflamatórios, uma vez que a inflamação é importante para o processo de criação de anticorpos. Para aliviar a dor e conter a febre, pode-se usar analgésicos.

+

Saúde

Loading...