Três grupos serão os primeiros a receber vacina em Joinville

Município divulgou plano de vacinação na manhã desta quinta-feira (14) e a meta é imunizar mais de 110 mil pessoas na primeira etapa

Cerca de 112 mil pessoas devem ser vacinadas na primeira etapa do plano de vacinação de Joinville, no Norte do Estado. A informação foi divulgada durante coletiva de imprensa, realizada pela Prefeitura, na manhã desta quinta-feira (14).

Município apresentou plano de vacinação na manhã desta quinta-feira (14) – Foto: Luana Amorim/NDMunicípio apresentou plano de vacinação na manhã desta quinta-feira (14) – Foto: Luana Amorim/ND

A primeira etapa de vacinação acontecerá após o município receber as doses do governo federal. Inclusive, todo o plano segue as diretrizes do Ministério da Saúde.

Nesta fase, a vacinação será separada em quatro grupos. Profissionais da saúde, idosos acima de 75 anos, idosos acima de 60 anos que estão em instituições e acamados, e a população indígena serão os primeiros a serem vacinados.

Em seguida, vem os idosos entre 60 e 74 anos. Em terceiro, pessoas com comorbidades, de acordo com o plano nacional de imunização. Por fim, professores, profissionais das forças de segurança e que atuam nos sistemas prisionais.

Para isso, a Prefeitura montou uma estrutura a fim de garantir essa vacinação. Serão 53 salas e uma central de imunização.

Além disso, o município já conta com 190 mil unidades de seringas em estoque e mais 200 mil estão para ser entregues. Todas as salas contam com refrigerador para armazenamento das doses e outros 35 já foram adquiridos.

“Estamos preparados para receber as vacinas e aplicá-las em todos os grupos”, afirmou o secretário de saúde, Jean Rodrigues.

Profissionais da saúde serão os primeiros a receber a dose em Joinville – Foto: Prefeitura de Joinville/DivulgaçãoProfissionais da saúde serão os primeiros a receber a dose em Joinville – Foto: Prefeitura de Joinville/Divulgação

Como funcionará?

A expectativa é que o governo estadual receba as primeiras doses, que devem ser da CoronaVac, no fim de janeiro e, após isso, elas serão distribuídas em Joinville.

Após a chegada das doses, as pessoas que fazem parte do primeiro grupo, deverão ir às salas de imunização, onde farão um cadastramento para saber se elas se encaixam no grupo prioritário.

Em seguida, ocorre a imunização. O paciente ainda ficará um tempo de observação e, por fim, é liberado. Neste processo que vai durar cerca de 40 a 50 minutos, a pessoa já fará o agendamento da segunda dose.

“Queremos garantir as duas doses ao primeiro grupo dessa primeira fase. Só depois, é que o segundo inicia a vacinação”, explicou o prefeito Adriano Silva.

Secretario de saúde afirmou que cidade está pronta para vacinar a população – Foto: Alpha/NDTVSecretario de saúde afirmou que cidade está pronta para vacinar a população – Foto: Alpha/NDTV

Apesar de ter os insumos, a Prefeitura ainda não sabe quantas doses deve receber. Perguntado se deve adquirir doses de maneira independente, o secretário disse que não há essa possibilidade.

A ação faz parte do plano “Joinville na luta contra o coronavírus” que, neste primeiro período, tem como eixo a saúde e a educação.

Participe do grupo e receba as principais notícias
de Joinville e região na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Saúde