‘Um choque ver ele deitadinho no chão’, diz idosa que achou bebê em Chapecó

Recém-nascido foi encontrado atrás da casa da moradora no bairro Líder; o menino foi socorrido pela equipe do Samu e encaminhado ao hospital

A idosa Maria Bocca Pancera, de 68 anos, moradora do bairro Líder, em Chapecó, no Oeste de Santa Catarina, encontrou um recém-nascido aos fundos de sua casa. Era por volta das 4h de um domingo (28) chuvoso quando ela acordou ouvindo os choros do bebê.

A equipe do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) e a PM (Polícia Militar) foram chamados para atender a ocorrência de abandono de incapaz.

Recém-nascido foi resgatado pelo Samu na madrugada de domingo (28) no bairro Líder, em Chapecó – Foto: Samu/DivulgaçãoRecém-nascido foi resgatado pelo Samu na madrugada de domingo (28) no bairro Líder, em Chapecó – Foto: Samu/Divulgação

Segundo a idosa, ao ouvir os choros ela abriu a janela do quarto e avistou o menino ainda com o cordão umbilical. O menino estava enrolado em alguns panos e hipotérmico.

“Ele estava com uma blusa rasgada e um pano por cima, e esse pano estava molhado porque garoava naquela hora. Eu peguei ele no colo e trouxe para dentro de casa. Chamei meus filhos e eles ligaram para a polícia e para o Samu. Ele chorava de frio porque estava todo molhado”, conta a idosa.

Segundo a moradora, a imagem que ficou na memória ao ver o bebê chorando nunca mais será esquecida.

“Essa imagem eu nunca mais vou esquecer, é um choque ter visto ele ‘deitadinho’ no chão. Se dependesse do meu marido a gente iria ficar com a criança, inclusive até já tinha nome, se chamaria Matheus”, conta.

O menino recebeu os primeiros atendimentos e encaminhado ao Hospital Materno Infantil, em Chapecó - Samu/Divulgação
1 2

O menino recebeu os primeiros atendimentos e encaminhado ao Hospital Materno Infantil, em Chapecó - Samu/Divulgação

Bebê abandonado foi atendido pelos técnicos de enfermagem do Samu e levado com saúde até o hospital - Samu/Divulgação
2 2

Bebê abandonado foi atendido pelos técnicos de enfermagem do Samu e levado com saúde até o hospital - Samu/Divulgação

O técnico de enfermagem do Samu, Aguinaldo da Rosa, foi um dos socorristas que esteve na casa da idosa durante a madrugada. Ele conta que em seis anos atuando na profissão nunca tinha atendido uma ocorrência assim.

“Nos deparamos com essa situação de uma criança recém-nascida abandonada na residência. Ele ainda estava sujo de sangue, hipotérmico e a gente levou para dentro da ambulância. Depois disso levamos ele até o Hospital Materno Infantil, em Chapecó”, relatou o profissional.

Agora a PC (Polícia Civil) vai investigar o caso para localizar a mãe dessa criança. Denúncias que possam ajudar no trabalho podem ser feitas pelo 181 de forma anônima. O recém-nascido segue bem cuidado e com saúde.

Participe do grupo e receba as principais notícias
de Chapecó e região na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.

+

Saúde