Universidade brasileira cria teste inédito para Covid-19; confira

A UFMG (Universidade Federal de Minas Gerais) desenvolveu uma espécie de teste para a Covid-19 com um modelo ainda inédito no mundo; confira

A UFMG (Universidade Federal de Minas Gerais) anunciou, nesta quarta-feira (19), a criação inédita de um teste para Covid-19 feito com amostras de urina do paciente.

Teste positivo da Covid-19; modalidade encontrada pela universidade brasileira é inédita em todo o mundo – Foto: Prasesh Shiwakoti/Unsplash/NSTeste positivo da Covid-19; modalidade encontrada pela universidade brasileira é inédita em todo o mundo – Foto: Prasesh Shiwakoti/Unsplash/NS

O exame, que consegue resultados em poucas horas, é do tipo sorológico, ou seja, identifica a presença de anticorpos no corpo, o que indica se o indivíduo já teve contato com o coronavírus.

Os pesquisadores que desenvolveram o projeto avaliam que o teste é “mais simples, barato e menos invasivo” que outros tipos de exames sorológicos que, por exemplo, usam amostras de sangue.

A ideia partiu de Fernanda Ludolf Ribeiro de Mel,residente de pós-doutorado do Programa de Pós-graduação em Ciências da Saúde: Infectologia e Medicina Tropical. Ela apresentou a proposta ao supervisor, o professor Eduardo Antônio Ferraz Coelho, e eles reuniram um time de especialistas para executar a ideia.

“Poucas pessoas acreditam que existam anticorpos na urina, mas há relatos para outras doenças, o que inspirou a ideia”.

Também participaram do estudo os professores Flávio Fonseca, do Centro de Tecnologia em Vacinas, Vandack Alencar Nobre Júnior, Cecilia Ravetti e Paula Vassallo, além dos doutorandos Fernanda Fonseca Ramos, João Augusto Oliveira da Silva e Flávia Fonseca Bagno (ICB).

A patente da tecnologia foi registrada no final de abril e, agora, a universidade busca parcerias com laboratórios para colocá-la no mercado.

+

Saúde

Loading...