Vacina Covid-19: Joinville abre novos horários para agendamento

Foram disponibilizados 1,2 mil horários que podem ser agendados por meio do site da prefeitura

Joinville está abrindo novos horários para o agendamento da vacinação contra a Covid-19. Começa nesta quinta-feira (3/6) a partir das 11 horas. São 1,2 mil horários que podem ser agendados por meio do site joinville.sc.gov.br.

vacinação contra covid joinvillevacinação contra Covid-19 Joinville – Foto: Rogerio da Silva/Divulgação ND

As doses da vacina são para pessoas com idades entre 18 e 59 anos com alguma das comorbidades elencadas pelo Ministério da Saúde como prioritárias e também para profissionais das Forças de Segurança Pública.

Pessoas com doenças imunossupressoras, exceto os que convivem com HIV, devem apresentar laudo médico autorizando a receber o imunizante. Pacientes oncológicos, transplantados e renais crônicos também precisam apresentar recomendação médica.

Comorbidades

No grupo das comorbidades, conforme previsto no Plano Nacional de Imunização do Ministério da Saúde, são consideradas anemia falciforme, talassemia maior, diabetes mellitus, doença cerebrovascular, doença neurológica crônica, doença renal crônica, doença renal crônica em diálise, doença cardiovascular, fibrose cística, hipertensão arterial, imunossuprimidos, obesidade mórbida (IMC maior ou igual a 40), pacientes oncológicos, pessoas com deficiência permanente, pessoas com deficiência, pneumopatias graves, Síndrome de Down e transplantados.

Para receber a imunização, é preciso apresentar documento de identificação com foto e algo que comprove a condição. São aceitos atestados ou relatórios médicos que indiquem a comorbidade ou, ainda, prescrição médica, exame ou receita médica em que fique clara a natureza da condição. As receitas médicas devem ter sido emitidas, no máximo, há dois anos atrás.

Forças de segurança

Os profissionais das Forças de Segurança Pública incluem os trabalhadores da Secretaria de Estado de Segurança Pública, Polícia Militar, Polícia Civil, Corpo de Bombeiros Militar, Instituto Geral de Perícias, Secretaria de Estado de Administração Prisional e Socioeducativa, Defesa Civil Estadual, Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal, Guarda Municipal, Bombeiros Voluntários e integrantes das Forças Armadas (Marinha, Exército e Aeronáutica) lotados em Santa Catarina.

Neste caso, para ser vacinado, o profissional deve apresentar documento de identificação com foto e carteira funcional, holerite ou declaração assinada pelo comando da corporação destacando o vínculo ativo e efetivo.

Participe do grupo e receba as principais notícias
de Joinville e região na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Saúde