Vacina da Moderna pode ser eficaz com apenas meia dose, diz estudo

Efeitos adversos mais comuns foram dor no local da injeção, dor de cabeça, fadiga e dor no corpo. Nenhum evento grave foi registrado

De acordo com os resultados dos estudos fase 2 da vacina da Moderna contra a Covid-19 publicados na revista científica Vaccine, apenas meia dose do imunizante seria suficiente para induzir a produção de anticorpos.

Próxima fase do estudo é avaliar a diferença entre a resposta depois de meia dose e uma dose inteira de vacinação contra a Covid-19 – Foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil/NDPróxima fase do estudo é avaliar a diferença entre a resposta depois de meia dose e uma dose inteira de vacinação contra a Covid-19 – Foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil/ND

Na pesquisa com 600 participantes, que foram divididos em dois grupos de acordo com a idade (18 a 55, e acima de 55), doses completas, meia dose e placebos foram distribuídos aleatoriamente. Os pacientes receberam o reforço 28 dias depois.

Segundo os responsáveis pelo levantamento, 100% dos participantes que receberam a vacina desenvolveram anticorpos, não importando a dosagem. Os efeitos adversos mais comuns foram dor no local da injeção, dor de cabeça, fadiga e dor no corpo. Nenhum evento grave foi registrado.

Uma próxima fase do estudo deve avaliar exatamente qual é a diferença entre a resposta depois de meia dose e uma dose inteira. Caso sejam satisfatórios, os resultados abrem uma nova possibilidade para a vacinação, podendo imunizar o dobro de pessoas com a mesma quantidade de medicamento.

+

Saúde