Vacinômetro amplia dados e informações divulgadas à população sobre a Covid-19 na Capital

Plataforma, que fica dentro do covidômetro, é mais uma ação estratégica do município para aumentar a transparência e conter a disseminação do vírus em Florianópolis

A Prefeitura de Florianópolis lançou nesta sexta-feira (22) o vacinômetro, mais uma ferramenta que amplia as informações divulgadas para a população da Capital e região sobre a Covid-19. A plataforma atualiza, de uma a duas vezes por dia, o número de pessoas que receberam a vacina contra o coronavírus na cidade.

Até essa sexta-feira (22), 2.930 pessoas receberam a primeira dose da vacina contra a Covid-19 na Capital, de acordo com o vacinômetro – Foto: PMF/Divulgação/NDAté essa sexta-feira (22), 2.930 pessoas receberam a primeira dose da vacina contra a Covid-19 na Capital, de acordo com o vacinômetro – Foto: PMF/Divulgação/ND

O novo site, fica numa aba dentro do covidômetro, criado em abril do último ano com o mesmo objetivo, de veicular, com transparência de dados, todas as informações referentes as ações e iniciativas de prevenção e combate à doença no município.

No vacinômetro, as informações serão agrupadas por doses aplicadas, pessoas vacinadas e pessoas com esquema completo de segunda dose. O site reúne ainda todos os dados sobre os imunizantes e facilita o acesso à informação da população da cidade.

“Desde o início da pandemia, investimos em prevenção, na testagem em massa, no monitoramento dos casos positivos, não medimos esforços para o combate ao coronavírus. Todo esse processo sempre foi muito transparente, pois é essencial que a população saiba de nossas ações e tenha total conhecimento das informações que temos sobre o vírus para que possamos enfrentar essa pandemia”, afirma o prefeito de Florianópolis, Gean Loureiro.

Estratégia para combater a disseminação do vírus

A ampliação de dados é uma das estratégias utilizadas pela Prefeitura da Capital desde o início da pandemia na região. Em abril, o covidômetro foi lançado na cidade, de forma pioneira, com a finalidade de desacelerar a disseminação do coronavírus na cidade.

“O portal passou a reunir dados que, após analisados e, junto às demais ações que implementamos, como a testagem em massa e monitoramento dos casos positivos e seus contatos, por exemplo, nos permitiram ter mais conhecimento sobre a real situação da pandemia na nossa cidade. Essas informações são cruciais na tomada certeira de decisões para o combate à doença”, explica o prefeito.

Nova plataforma atualiza, de uma a duas vezes por dia, o número de pessoas que receberam a vacina contra o coronavírus na cidade – Foto: Reprodução/NDNova plataforma atualiza, de uma a duas vezes por dia, o número de pessoas que receberam a vacina contra o coronavírus na cidade – Foto: Reprodução/ND

O covidômetro, que agora abriga também o vacinômetro, reúne, diariamente,  o  número de casos suspeitos, descartados, confirmados e óbitos e taxa de ocupação de leitos de UTI na Grande Florianópolis, taxa de letalidade, uma sala de situação com a análise e evolução de casos confirmados, notificados, descartados e em análise; casos estimados por modelo matemático, informações sobre prevenção, as medidas restritivas em vigor no momento, entre outros dados relevantes que traçam o panorama do coronavírus na cidade.

De acordo com o vacinômetro, até as 19h desta sexta-feira (22), 2.930 pessoas receberam a primeira dose da vacina contra a Covid-19 na Capital. Nesta primeira fase de imunização, a vacina está sendo aplicadas em trabalhadores da Saúde de UTIs (Unidades de Terapia Intensiva), que atuam em serviços de emergência e urgência, além de idosos acolhidos em Instituição de Longa Permanência.

Segundo dados do covidômetro, também até essa sexta-feira (22), foram registrados 49.432 casos confirmados de Covid-19 e 370 óbitos no município. A taxa de ocupação de leitos de UTI está em 77,65% na Grande Florianópolis.

Conforme determina a Lei Municipal nº 10.199, de 27 de março de 2017, a Prefeitura Municipal de Florianópolis informa que a produção deste conteúdo não teve custo, e sua veiculação custou R$2.000,00 reais neste portal.

Acesse e receba notícias da Grande Florianópolis pelo WhatsApp do ND+

Entre no grupo

+

Prefeitura de Florianópolis