Varíola dos macacos: SES planeja exames de diagnóstico em SC

O Laboratório Central de Santa Catarina está buscando insumos para começar os testes

O LACEN (Laboratório Central de Santa Catarina) está sendo preparado para realizar exames de diagnóstico para a varíola dos macacos. Atualmente os exames são realizados no laboratório Adolfo Lutz, em São Paulo.

Estado já realiza busca por insumos para fazer a testagem  – Foto: Pexels/Divulgação/NDEstado já realiza busca por insumos para fazer a testagem  – Foto: Pexels/Divulgação/ND

A informação, obtida com exclusividade pelo ND+, é de que o estado busca a aquisição de insumos, reagentes e kits com fornecedores, enquanto aguarda o envio de outros insumos pelo Ministério da Saúde para começar os exames.

O teste é semelhante ao usado à Covid-19, o RT-PCR, que seria processado em Santa Catarina para ter mais agilidade no resultado. Isso porque o Adolfo Lutz recebe exames de toda a região Sul. Atualmente, o resultado leva em média cinco dias para detectar a infecção por varíola dos macacos.

A amostra para coleta é tirada das lesões, bolhas e crostas, o que é geralmente indolor, pois utiliza um cotonete macio.

A orientação da SES com relação aos laboratórios privados de Santa Catarina que queiram realizar teste diagnóstico para varíola dos macacos é de que notifiquem os casos positivos ao município de residência do paciente em até 24 horas.

+

Saúde

Loading...