Veja o cronograma de vacinação contra Covid-19 desta quinta-feira, na Grande Florianópolis

Na noite de terça-feira (8), o governador Carlos Moisés informou, através das redes sociais, sobre a chegada da vacina Janssen à Santa Catarina

Nesta quinta-feira (10), a região da Grande Florianópolis segue vacinando a população contra a Covid-19. Na noite de terça-feira (8), o governador Carlos Moisés informou, através das redes sociais, sobre a chegada da vacina Janssen à Santa Catarina. O imunizante conta apenas com uma aplicação de dose para garantir proteção contra o novo Coronavírus.

Também foi confirmada a chegada de 130.500 novas doses da vacina AstraZeneca. O lote com os imunizantes deve aterrissar em Florianópolis por voltas das 23h20 da noite desta quarta-feira (9).

No entanto, antes da chegada de mais doses, as cidades da Grande Florianópolis continuam com o calendário de vacinação. Confira a seguir como será a aplicação da vacina contra Covid-19 nas quatro principais cidades da região.

Vacinação já apresentou efeitos de queda nas mortes por Covid-19 em Florianópolis – Foto: Robson Valverde/SES/Divulgação/NDVacinação já apresentou efeitos de queda nas mortes por Covid-19 em Florianópolis – Foto: Robson Valverde/SES/Divulgação/ND

Confira o esquema de vacinação nas principais cidades da região:

Florianópolis

A Capital segue vacinando pessoas com 54 anos ou mais sem comorbidades, sendo este o grupo mais recente a ser incluído na campanha de vacinação.

A imunização também continua disponível para os profissionais da saúde e da educação e dos colaboradores destas áreas, além dos trabalhadores de transporte coletivo rodoviário, caminhoneiros e empregados de transporte aquaviário, bem como os trabalhadores da limpeza urbana e do manejo de resíduos sólidos.

É necessário um documento com foto e comprovante de residência. Quem puder, deve atualizar o cadastro no SUS com antecedência pelo Alô Saúde (0800-333-3233).

São José

Na quinta-feira, São José também da continuidade à vacinação entre os moradores com 54 anos de idade ou mais.

Os demais grupos que já estão sendo vacinados podem procurar um ponto de vacinação no município e receber a primeira dose do imunizante, além daqueles que já completaram o tempo necessário para receber a segunda dose.

Os grupos aptos a receber a primeira dose são: trabalhadores do transporte coletivo, aquaviário, caminhoneiros, trabalhadores da limpeza urbana, grupo de comorbidades e profissionais do ensino (bem como os colaboradores da educação). Para agilizar a vacinação, faça o cadastro no site da prefeitura.

Palhoça

A cidade de Palhoça também está imunizando pessoas acima dos 54 anos. A vacinação também segue entre o grupos dos caminhoneiros, trabalhadores do transporte coletivo rodoviário e profissionais da limpeza urbana.

Os profissionais da educação, da saúde e os colaboradores destas áreas também já estão liberados para procurar um ponto de imunização no município.

Motoristas e cobradores de transporte coletivo de passageiros devem apresentar:

  • Declaração assinada pela chefia do estabelecimento de transporte de Palhoça (que comprove o exercício efetivo da função de motorista profissional do transporte urbano ou rodoviário de passageiros ou cobrador);
  • Documento com foto;
  • Comprovante de residência;
  • Cartão Nacional do SUS;
  • Número de cadastro na unidade de saúde de Palhoça.

Caminhoneiros devem apresentar:

  • Documento com foto;
  • Comprovante de residência;
  • Cartão Nacional do SUS;
  • Número de cadastro na unidade de saúde de Palhoça.

Quando houver vínculo empregatício em Palhoça, deve ser apresentado declaração assinada pela chefia e cópia do documento que comprove o exercício efetivo da função de motorista profissional do transporte rodoviário de cargas.

Em caso de autônomo, comprovar por meio da carteira de motorista, o EAR (exercício de atividade remunerada) e comprovante de ISS ou MEI, além de comprovante de residência em Palhoça.

Trabalhadores da limpeza urbana:

  • Documento com foto;
  • Comprovante de residência;
  • Cartão Nacional do SUS;
  • Número de cadastro na unidade de saúde de Palhoça;
  • Declaração assinada pela chefia do serviço de Palhoça.

Biguaçu

O município de Biguaçu vai aplicar a primeira dose em pessoas com 57 anos ou mais, além de dar seguimento à aplicação da segunda dose em idosos com 60 anos ou mais.

A vacinação de pessoas com comorbidades segue na Policlínica Municipal com agendamento às segundas, terças e quartas-feiras. O formulário para cadastro está disponível aqui.

Idosos com 60 anos ou mais que ainda não receberam a primeira dose ou já completaram o tempo necessário para a segunda dose e não conseguiram ir nas etapas anteriores, podem procurar a Policlínica às quintas e sextas-feiras, das 8h às 16h. Não é preciso agendar.

Os profissionais da Educação que ainda não compareceram à vacinação contra a Covid-19 estão convocados pela Secretaria Municipal de Saúde para realizar a aplicação da primeira dose.

Confira o cronograma de vacinação para a quinta-feira (10):

Florianópolis – 9h às 16h

  • Pontos fixos (pedestres):

– Centro de Eventos Luiz Henrique da Silveira (Canasvieiras);
– Beira-Mar Continental;
– Centro de Eventos da UFSC;
– Antigo Aeroporto (Carianos);
– Floripa Shopping.

– SEAD/UFSC  (apenas este ponto funcionará das 7h30 às 18h30)

São José – 9h às 16h

  • Ponto fixo (pedestres):
    – Praça do CEU (bairro Ipiranga)
  • Drive-thru:
    – Centro Multiuso
    – Continente Shopping (acesso pela SC-281);

Palhoça

– Estação Palhoça, das 9h às 16h
– Ponto de vacinação do sul – estacionamento da rua Aderbal Ramos da Silva, esquina com rua Miguel Abel da Silva (rua da UBS Pinheira), das 9h às 13h.

Biguaçu – 8h às 16h

  • Drive-thru:
    – Ginásio da Univali
  • Ponto fixo (pedestres):
    -Igreja Matriz (Praça Nereu Ramos)

Pessoas com comorbidades  devem se vacinar na Policlínica do município, mediante agendamento prévio.

Participe do grupo e receba as principais notícias
da Grande Florianópolis na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Saúde