Veja quais regras de isolamento continuam valendo em Jaraguá do Sul

Novo decreto publicado nesta quarta-feira (9) estende regras até o dia 16 de setembro na cidade

Com 37 mortes confirmadas até esta quarta-feira (9), Jaraguá do Sul, no Norte de Santa Catarina, publicou um novo decreto estendo as regras em vigor no combate à pandemia da Covid-19 e, ainda, mantendo a retomada de serviços que já haviam sido anunciados.

Jaraguá do Sul questiona a manutenção do risco gravíssimo para a cidade que tem registrado queda na curva de contágio – Foto: Divulgação/ND

As atividades esportivas, como jogos de futebol, continuam proibidas nas regiões consideradas em risco gravíssimo para a pandemia e Jaraguá do Sul, assim como Joinville, ainda estão listadas nesta classificação. Atualmente, três regiões do Estado são consideradas em risco gravíssimo, Alto Vale do Rio do Peixe, Laguna e Nordeste. A região Nordeste figura entre elas desde o dia 14 de julho.

Além da proibição das atividades esportivas, a abertura de parques temáticos e circos também continua suspensa até o dia 16 de setembro.

Em contrapartida, a retomada do transporte coletivo, a autorização para realização de eventos em formato drive-in, a realização de almoços e jantares com a participação máxima de 50 pessoas e respeitando as medidas de segurança e sem apresentação de música ao vivo, esporte ou entretenimento, estão liberadas.

As atividades podem ser realizadas nos mesmos horários de funcionamento de restaurantes e similares, de segunda-feira a domingo, das 6h às 22h.

Embora siga a determinação do Estado, Jaraguá do Sul reforça que a classificação deveria ser revista levando em consideração a realidade local e, para a presidente do Comitê de Combate ao Coronavírus, Emanuela Wolff, o município deveria ter a liberdade de tomar as decisões baseado nos números apresentados. Há cinco semanas o município registra queda na curva de contágio e na demanda por atendimento.

O boletim divulgado nesta quarta-feira aponta que dos 2.760 casos já confirmados no município, 2.610 já se recuperaram e apenas 113 estão em tratamento.

+

Saúde