Velórios em Palhoça não poderão durar mais de três horas e ter 20 pessoas

A mudança se dá em virtude da pandemia do novo coronavírus, visando vetar aglomerações, ainda que o município só tenha uma morte pela doença

Velórios em cemitérios e crematórios deverão ter no máximo três horas e terão limite de 20 pessoas. A medida passa a valer a partir da próxima segunda-feira (8) e estipula que sepultamentos devem ocorrer das 8h às 17h30.

Decreto especifica, ainda, que a liberação do cadáver será permitida apenas quando for possível o sepultamento em atendimento a regras previstas – Foto: PMP/Divulgação/NDDecreto especifica, ainda, que a liberação do cadáver será permitida apenas quando for possível o sepultamento em atendimento a regras previstas – Foto: PMP/Divulgação/ND

A mudança se dá em virtude da pandemia do novo coronavírus, visando vetar aglomerações, ainda que Palhoça só tenha uma morte registrada pela doença. Essas regras passam a vigorar para as capelas mortuárias municipais e privadas, bem como para os crematórios.

Leia também:

O decreto especifica, ainda, que “a liberação do cadáver pelo serviço funerário, para velório, será permitida apenas quando for possível a realização do sepultamento em atendimento a regras previstas”.

Palhoça estava seguindo os decretos estaduais até então, mas com o respaldo para autonomia da decisão, resolveu por realizar a alteração.

02 Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
  • kkkkkkkkkkkkkkk
    kkkkkkkkkkkkkkk
    convide 19
  • Doutor Excelência
    Doutor Excelência
    Que coisa mais "démodé"! Homenagens devem ser prestadas em vida. Depois que morreu, só resta um corpo, que deve ser encaminhado rapidamente para um crematório. Velório é coisa das antigas...

+ Saúde