Versão falsificada de medicamento pode estar circulando no Brasil, alerta Anvisa

Conforme a bula, o remédio é usado no tratamento de transtorno de déficit de atenção e começou a ser vendido de maneira irregular em Minas Gerais

Unidades falsificadas do medicamento Venvanse 70 mg, pertencentes ao lote 3190418 podem estar circulando no Brasil, segundo alerta da Anvisa. A bula do medicamento indica que ele deve ser utilizado no tratamento de transtorno de déficit de atenção

Anvisa ordena que os pacientes verifiquem as características originais do medicamento antes de o consumirem – Foto: Pixabay/Divulgação/NDAnvisa ordena que os pacientes verifiquem as características originais do medicamento antes de o consumirem – Foto: Pixabay/Divulgação/ND

A falsificação do produto começou a ser vendida no estado de Minas Gerais. A descoberta foi feita após algumas unidades do produto serem identificadas pelos usuários – a numeração do lote é verdadeira e foi distribuída de forma regular pelo laboratório Takeda Pharma Ltda.

A Anvisa então determinou, através da Resolução RE 3.079/2021, que o lote fosse interditado pelo prazo de 90 dias para investigação do caso. Assim, a agência orienta que os pacientes verifiquem se o medicamento possui as características correspondentes ao produto original, informadas pelo fabricante, antes de o utilizar.

Confira quais são as características:

  • O medicamento original possui cápsulas de corpo azul e tampa laranja, com as inscrições “S489” e “70 mg” em tinta preta. 
  • O frasco possui um lacre de papel alumínio em sua boca. O medicamento falsificado possui cápsulas em cores diversas destas, de tamanhos diferentes, e não possuem o lacre no frasco. 

Caso suspeitem de falsificação, os pacientes devem suspender o uso do produto de forma imediata e entrar em contato com o laboratório Takeda pelo Serviço de Atendimento ao Consumidor da empresa, através do telefone 0800-7710345 ou do e-mail sac@takeda.com.  

+

Saúde

Loading...