Você tem sangue 0-, 0+ ou A-? Hemosc de Joinville precisa de doação

Esses tipos sanguíneos estão em baixa; hemocentro pede que a população se mobilize para doar

O Hemosc de Joinville, em conjunto com outros hemocentros do Estado, está pedindo doação de sangue tipos 0-, 0+ e A-. Esses tipos sanguíneos estão em baixa e, por isso, o hemocentro está pedindo que a população doe para restabelecer o estoque.

Doações são importantes para restabelecer os estoques – Foto: Fernando Frazão/ND

Franciele da Silva Martins de Souza, da assistência administrativa do setor de captação de doadores do Hemosc Joinville, explica que, por conta do feriado de Carnaval, temporada de verão e muitos casos de sarampo, dengue e febre amarela em que a pessoa toma vacina e fica impossibilitada por um período de doar, houve uma baixa nas doações.

“Precisamos realmente que a população se mobilize”, reforça Franciele.

O Hemosc de Joinville funciona de segunda à sexta-feira, das 7 às 18h15, sem fechar para o almoço. Fica na avenida Getúlio Vargas, 198, ao lado do Hospital São José.

Para doar, é preciso:

  • Ter idade entre 18 e 69 anos, 11 meses e 29 dias;
  • Doadores com idade de 16 e 17 anos de idade, são aceitos para doação mediante a presença e autorização formal dos pais e/ou responsável legal;
  • O limite de idade para primeira doação é de 60 anos;
  • O candidato à doação deve estar em boas condições de saúde, sem feridas ou machucados no corpo;
  • Pesar acima de 50 kg (com desconto de vestimentas);
  • Apresentar documento de identidade com foto, emitido por órgão oficial: RG., carteira profissional, carteira de motorista, etc.
  • Ter repousado bem na noite antes da doação;
  • Evitar o jejum. Fazer refeições leves e não gordurosas, nas 4 horas que antecedem a doação;
  • Evitar uso de bebidas alcoólicas nas últimas 12 horas;
  • Evitar vir acompanhado com crianças, sem acompanhantes.

Não pode doar:

Quem tem ou teve as seguintes doenças:

  • Hepatite após os 11 anos de idade;
  • Lepra (Hanseníase);
  • Hipertireoidismo e tireoidite de Hashimoto;
  • Doença auto-imune;
  • Doença de Chagas;
  • AIDS;
  • Problemas cardíacos (necessita avaliação e declaração do seu cardiologista);
  • Diabetes;
  • Câncer.

Outras situações:

  • Fez ou faz uso de algumas drogas ilícitas nos últimos 12 meses;
  • Mantém relações sexuais de risco;
  • Gestantes ou mulheres que amamentam bebês com menos de 12 meses;
  • Teve contato sexual com parceiro ocasional/eventual nos últimos 12 meses.

Leia também:

Neto conta nova versão sobre morte de idosa atacada por pitbull em Jaraguá do Sul

Policial sofre queimaduras graves após impedir suicídio em Rio Negrinho

+

Saúde