Volnei Antonio Bortolini

- +

♦ 39 anos
♦ 21/06/2020
♦ Vargem

Volnei Antonio Bortolini – Foto: Reprodução Redes SociaisVolnei Antonio Bortolini – Foto: Reprodução Redes Sociais

Volnei sempre foi brincalhão. Ao chegar das viagens que fazia ao litoral catarinense, nas quais carregava madeira, tijolo e areia, o caminhoneiro estacionava o veículo no pátio parava da casa da mãe Marlice Bortolini.

Ele empurrava a porta e já soltava a primeira provocação: “parece que alguém fumou nessa casa” – ele reprovava o hábito da mãe. Depois corria para o quarto do irmão Renan, e mandava o “bebezão” levantar. O bom humor era a sua marca.

“Era aos domingos que ele chegava às 9h para assar carne com a família. Chegava sorridente, via se tinha carvão. E foi em um domingo que encontramos ele na cama, morto” afirma Marlice.

Além da mão e do irmão, Volnei deixou a esposa Karin Milani, o enteado Matheus e a filha Isabela, de 4 anos. E também uma grande saudade, que se manifesta principalmente aos domingos.

Envie uma lembrança

Se você perdeu um parente ou amigo para a Covid-19, envie a sua homenagem para ser eternizada no memorial online do nd+.

Depoimento, fotos e vídeos devem ser encaminhados ao email redacao@ndmais.com.br com o assunto “Memorial Covid-19”.

Os relatos serão publicados após contato da reportagem.