32 pessoas são denunciadas por tráfico de drogas pelo Ministério Público Federal

Grupo está sendo investigado na "Operação Tríade", que apura tráfico de drogas do Paraguai

Rogério da Silva/ND

Promotor da República Mário Sérgio Ghannagé Barbosa denunciou grupo

O MPF (Ministério Público Federal) propôs ação penal contra 32 pessoas investigadas na “Operação Tríade”, responsável pela desarticulação de três organizações criminosas, que se dedicavam ao tráfico de drogas de origem paraguaia. A denúncia é do procurador da República Mário Sérgio Ghannagé Barbosa, após a análise das investigações realizadas pela Polícia Federal. Além de denunciar 32 pessoas, o MPF concluiu em arquivar as investigações com relação a 15 fatos. A ação corre em segredo de Justiça.

Conforme informações da PF, a droga era adquirida a partir de fornecedores estrangeiros e tinha como ponto final de distribuição a cidade de Joinville e região. Os carregamentos eram transportados em compartimentos de caminhões, motos e carros de passeio preparados para tal fim. Durante as investigações foram apreendidos 15 veículos, aproximadamente 43 quilos de cocaína, 254 quilos de maconha e presas 40 pessoas.

O procurador Mário Sérgio não se manifestará sobre o caso em protesto à decisão tomada pelo CNMP (Conselho Nacional do Ministério Público) que, na semana passada, condenou um membro do MPF à pena de demissão, convertida em suspensão de 90 dias, por ter prestado informações à imprensa em entrevista coletiva.

Acesse e receba notícias de Florianópolis e região pelo WhatsApp do ND+

Entre no grupo
+

Segurança