A notícia mais comentada em Florianópolis é a prisão do médico tarado

Nutrólogo renomado é preso em seu consultório, no Ceisa Center, na frente de vários pacientes

Rosane Lima/ND

Nutrólogo Omar Lima, preso pela acusação de abusar sexualmente pacientes, tem dificuldades em sair algemado da viatura policial

Caso do médico

A prisão do médico Omar Cesar, renomado nutrólogo em tratamento para emagrecer, foi a notícia mais comentada nos bares de Florianópolis e nas redes sociais. Ele é acusado de estuprar uma paciente de 28 anos e apontado por assédio e abuso sexual por outras dez mulheres. Todos os boletins de ocorrências estão registrados na 6ª DP. Os casos ocorriam desde 2013. A Justiça decretou a prisão provisória do médico por trinta dias, enquanto a polícia conclui diligências e busca mais provas contra o especialista. Ele foi encarcerado para não influenciar na investigação. Mulheres que procuravam o consultório do nutrólogo Omar Cesar em busca de educação alimentar e tratamento para emagrecer eram assediadas sexualmente. Ele nega. Conversei com algumas vítimas e elas contaram que ele se aproveitava da fragilidades para acariciá-las e beijá-las à força. Confio nas pacientes porque não foi apenas uma, mas várias reclamações. O caso do doutor Omar nos lembra o do especialista em reprodução humana Róger Abdelmassih, condenado a 278 anos por abusar sexualmente de 48 pacientes em São Paulo.

Divulgação/ND

Honda Civic, clonado, foi apreendido com Thyago investigado em envolvimento de furtos de veículos 

Outra Vez
Às vésperas de comparecer a audiência no Fórum de Florianópolis sobre furto e clonagem de veículos, Thyago Alves foi capturado mais uma vez por agentes da Divisão de Furtos e Roubos de Veículos, da Deic, com um Honda Civic roubado no dia 4 de fevereiro deste ano, em Porto Alegre, no RS. O veículo rodava com placas de outro carro. O delegado Rodrigo Bortolini comentou que as brechas na lei facilitam a soltura de ladrões, mas a polícia continua prendendo.

Pega ladrão
A dona de casa Márcia falava ao celular com a filha perto de um minimercado, no centro de Itajaí, quando ficou sem o telefone. Um homem de bicicleta passou por ela e levou o aparelho. A vítima gritou “pega ladrão”, e o suspeito foi capturado por um grupo de pessoas e entregue à Polícia Militar que o conduziu para a 1ª DP de Itajaí. Outra senhora reconheceu o assaltante como o bandido que entrou armado na casa dela e aproveitou a oportunidade para ira à 1ª DP dar queixa.

Divulgação/ND

Na casa do líder de uma quadrilha acusada de assalto e furto em São Joaquim o delegado apreendeu arma e munição

Carcará
A Polícia de São Joaquim prendeu dois homens que vinham furtando em residências na região de São Sebastião do Arvoredo, no interior do município, junto com outros comparsas. De acordo com o delegado Diego Gonçalves, várias vítimas registraram ocorrência contra o grupo. O delegado pediu a prisão da quadrilha, e o juiz concedeu contenção temporária por trinta dias. Por enquanto foram capturados o líder do grupo, Claudemir Macedo, o Carcará; e Luiz Antônio. A investigação prossegue para prender o restante do bando.

Morro da Mariquinha
Confundido com estuprador, um homem foi brutalmente espancado no Morro da Marquinha, em Florianópolis. A denúncia aos “justiceiros” foi feita por uma mulher do morro. A PM foi acionada e conseguiu resgatar a vítima e levá-la para o Hospital Celso Ramos. No caminho, o homem agradeceu aos policiais e disse que se não fosse eles, seria morto. A PM descobriu que uma mulher espalhou a notícia porque ela teve desavença com a companheira da vítima.

Divulgação/ND

Antes de explodir o banco, ladrões trancaram a passagem na ponte sobre o riozinho do Braço, acesso à cidade, com cabos de aço

Banco explodido
Agentes da Diretoria Estadual de Investigações Criminais ainda não têm pistas da quadrilha que explodiu o a agência do Bradesco de Nova Trento, na Grande Florianópolis, na madrugada desta segunda-feira. Antes de colocar os dinamites no caixa eletrônico a gangue trancou as duas pontes sobre o riozinho do Braço, acesso à cidade, com cabos de aço, impedindo a passagem das viaturas policiais. O banco não revelou o valor roubado.  

Barrado no estádio
Um servente de pedreiro foi flagrado com maconha nos portões do estádio Orlando Scarpelli, Florianópolis, quando pretendia assistir ao jogo entre Figueirense e Criciúma. O placar foi de 2 a 0 para Criciúma. Levado ao programa Justiça Presente, ele aceitou os termos da transação penal proposta pelo promotor Márcio Cota e homologada pelo juiz Renato Guilherme Gomes Cunha: pagamento em três parcelas de R$ 450 em benefício de instituição filantrópica, além de se apresentar na Central de Plantão Policial da Capital nos próximos dois jogos do Figueirense, contra Avaí e Camboriú. 

Divulgação/ND

Caminhão pega fogo na BR-101, em Itapema, e provoca fila no Km 160 da BR-101, em Tijucas

Pegando fogo
Uma carreta carregada de bobinas de papel foi inteiramente consumida pelo fogo no km 160 da BR-101 em Tijucas. O motorista, de 39 anos, que não se feriu, disse que sentiu forte cheiro de queimado vindo do chão da cabine. Ele levou o veículo para o acostamento e só teve tempo de sair antes de as chamas tomarem conta de tudo. A ocorrência gerou cerca de três quilômetros de fila no sentido norte-sul da rodovia. 

Loading...