Acusado de matar agricultor por causa de cachorros é encontrado no Vale do Itajaí

Homem de 33 anos era temido na vizinhança por atitudes violentas e por andar armado; ele estava foragido desde que ocorreu o crime, em março de 2018

Um homem de 33 anos, acusado de matar uma pessoa por causa de cachorros, foi detido pela Polícia Civil no interior do município de Mirim Doce, no Vale do Itajaí, na madrugada desta quarta-feira (8).

O crime pelo qual o homem é acusado aconteceu em 17 de março de 2018, no Morro do Chapéu, em Campo Belo do Sul. Desde então o suspeito estava foragido.

Agricultor assassinado

O acusado teria matado um agricultor em uma emboscada com 12 facadas. Após o crime, o corpo da vítima foi encontrado por familiares às margens de uma estrada, com diversas perfurações.

De acordo com informações da polícia, o crime ocorreu por desavenças entre o autor e a vítima, em razão do suposto roubo de cachorros do acusado.

Ele foi denunciado pelo crime de homicídio qualificado por motivo fútil, praticado de modo que impossibilitou a defesa da vítima e com requintes de crueldade.

Leia também:

A operação de investigação e o cumprimento do mandado de prisão foi uma ação conjunta da Polícia Civil de Campo Belo do Sul, da DIC de Lages, DPMu de Capão Alto e DPMu de Mirim Doce.

Antes de ser preso, o acusado morou nas cidades de Lages, São José, Blumenau e Gaspar, sempre com o objetivo de fugir da polícia, conforme a corporação.

Ainda de acordo com os policiais, o acusado era temido não apenas por conta deste crime, mas também por ser descrito como uma pessoa violenta e que possuía o hábito de andar armado, possuindo extensa ficha criminal.

+

Segurança