Adolescente afirma que matou Raíssa usando galho de árvore

Delegado que apura morte de Raíssa aponta contradições em depoimentos do adolescente e não afasta hipótese de um outro participante

O adolescente de 12 anos apreendido pela polícia confessou ter usado um galho de árvore para matar a menina Raíssa Eloá, de 9 anos. Os próprios pais do menino teriam ficado surpresos com a confissão. O caso aconteceu no Parque Anhanguera, na Zona Norte de São Paulo, no último domingo (29).

Garoto de 12 anos confessou à polícia ter matado Raíssa Eloá, de 9 anos – Foto: Record TV/ReproduçãoGaroto de 12 anos confessou à polícia ter matado Raíssa Eloá, de 9 anos – Foto: Record TV/Reprodução

O delegado Luiz Eduardo de Aguiar Maturano, que apura o caso, no entanto, atua com várias hipóteses. Há ainda, por exemplo, suspeita de que uma outra pessoa tenha participado do crime. Raíssa estava numa festa com a mãe e um irmão, quando saiu acompanhada pelo adolescente, sem ser percebida. A imagem dos dois caminhando por uma rua foi flagrada por uma câmera de segurança.

Após algumas declarações contraditórias, no entanto, o adolescente acabou confessando o crime. Porém, o delegado ainda não está satisfeito. Segundo ele, há muitos detalhes que não batem no depoimento do adolescente.

O menor está apreendido na 5ª Delegacia de Polícia de Repressão aos Crimes Contra a Criança e o Adolescente, da Divisão de Homicídios.

Leia também

+

Segurança

Loading...