Adolescente de 17 anos conta como matou o garoto da mesma idade em Laguna

Ele disse que tentou degolar o rapaz que estava saindo com a sua ex, com a qual tem um filho de três meses

Bandido mirim

A frieza do adolescente infrator de 17 anos ao assumir um brutal assassinato em Laguna deixou os policiais espantados com a história macabra. Ele matou a golpes de facão um garoto da mesma idade que estava ficando com a sua ex-namorada, com quem tem um filho de três meses. “Não estou arrependido. Fiz isso porque ela merece.” Ele contou que depois de matar o rapaz, furtou o celular e passou mensagens para a garota, fazendo-se passar pela vítima e dizendo que não a queria mais. Disse, ainda, que nos dias seguintes ameaçou de morte toda a família, além de mandar fotografia do assassinato. Este bandido mirim que tentou degolar o garoto fez tudo isto porque sabe que o Estatuto da Criança e do Adolescente o protege. Não há condenação. A punição máxima é o cumprimento de uma medida socioeducativa num reformatório destinado a adolescentes em conflito com a lei, onde deverá permanecer durante três anos. É uma pena muito branda em relação ao crime que cometeu. Por isso, sou a favor da redução da maioridade penal. Ele tinha plena consciência do que estava fazendo, portando deveria ser submetido a um júri popular. Como diz o dito popular, “ quem com ferro fere, com ferro será ferido.”

Chilena

Uma chilena moradora de rua, visivelmente drogada, invadiu a garagem de uma pousada onde havia o carro de um uruguaio, na Barra da Lagoa, e não quis mais sair dali. Inicialmente o dono do carro tentou acalmá-la, pedindo que ela se retirasse. Não teve jeito. A mulher foi para cima do uruguaio e também quebrou o retrovisor esquerdo do veículo. A Polícia Militar foi acionada e encaminhou os dois para a Delegacia de Proteção ao Turista, prédio anexo à rodoviária Rita Maria. Ali eles registraram boletim de ocorrência e foram transferidos à Central da Agronômica. Após os depoimentos, a chilena foi liberada.

Policiais encontraram rifle calibre 22 com luneta e mira a laser e munições em Fiesta

Joyce

Uma guarnição do 22º BPM foi acionada para atender ocorrência de disparo de arma de fogo na localidade Chico Mendes, em Florianópolis. A denúncia era que um veículo havia sido metralhado por rivais. Um dos carros, um Ford Fiesta, foi avistado mas a condutora não obedeceu o sinal de parar. A motorista, mais tarde identificada por Joyce, acelerou e somente foi parada quando outras viaturas cercaram a região. Além de Joyce, foi detida no carro Janaína. As duas contaram que Alysson Filho e Alexandre, o Piolho, conseguiram fugir. Dentro do Fiesta os policiais apreenderam 200 munições de vários calibres e um rifle calibre 22 equipado com luneta e mira a laser.

Farra do boi

Durante ronda de rotina à noite na marginal da BR-101, em Biguaçu, uma guarnição do 24º BPM avistou uma motocicleta ocupada por dois homens com os faróis apagados. Houve cerco policial e a motinho foi parada. Com um adolescente de 17 anos que estava na garupa a polícia apreendeu um tubo plástico contendo 20 comprimidos de ecstasy, oito tabletes de maconha, quatro petecas de cocaína e R$ 45. A motinho era pilotada por Thiago, 18. Ambos foram levados à Delegacia de Biguaçu, onde o adolescente contou que iria vender o entorpecente na farra do boi, em Governador Celso Ramos.

Divulgação/ND

Ação conjunta das PMs catarinense e paranaense resultou na apreensão de dez quilos de maconha 

Integração

Policiais militares de Santa Catarina e Paraná realizaram uma missão contra quadrilhas que transportam drogas e apreenderam na cidade paranaense de Guaratuba, que faz divisa com SC, 10 kg de maconha, 200 gramas de crack e 150 gramas de haxixe, além de prender em flagrante três pessoas por tráfico de drogas. Policiais catarinenses prestaram apoio, executando o monitoramento e vigilância do alvo. A droga e os três detidos foram encaminhados para a Delegacia de Polícia de Guaratuba.

 

Investigação

Policiais da Delegacia de Repressão a Roubos da Capital ainda não têm pista do assalto na rua das Garoupas, em Jurerê, internacional, semana passada, quando uma família foi amarrada. Os bandidos levaram seis pranchas de surfe e fugiram no Renault Duster prata, da família, com placas de Curitiba (PR). Câmeras do posto de Ratones da Polícia Militar Rodoviária flagraram o veículo seguindo em direção ao centro de Florianópolis.

PMs de São José recuperaram no bairro Ipiranga objetos roubado de uma casa em Itapema

Prisão

O alerta da Polícia Rodoviária Federal à Polícia Militar sobre o Nissan Versa com placas de Pato Branco (PR) foi fundamental para os PMs recuperarem vários objetos roubados em Itapema. Os PMs fizeram o acompanhamento do Nissan até a rua Arnoldo Pedro Meira, bairro Ipiranga, em São José, quando os suspeitos estacionaram em frente a um supermercado. No local foram feitas a abordagem e a prisão de dois suspeitos. No carro foram recuperados roupas, calçados, joias e eletrônicos roubados da casa de Maria de Fátima, em Itapema.  

Divulgação/ND

Polícia prende integrantes de facção que trocavam tiros em Joinville e recupera pistolas

Facção

Ação conjunta entre as polícias Militar e a Civil contra o crime organizado tem dado bons resultado em Joinville. Durante incursão nos locais vulneráveis da cidade onde facções criminosas rivais medem força à bala, os agentes conseguiram evitar um provável homicídio e detiveram quatro criminosos se confrontando em via pública. Com eles os policiais apreenderam duas pistolas. Os quatro foram autuados em flagrante por porte ilegal de arma de fogo.

Loading...