Agricultores de Chapecó terão acesso gratuito ao GPS Rural

O município tem, atualmente, 517 cadastros; a meta da prefeitura é cadastrar no sistema as mil propriedades rurais que faltam

A Secretaria de Agricultura de Chapecó, no Oeste de Santa Catarina, vai ofertar acesso gratuito ao Programa GPS Rural para os produtores que têm blocos de nota no município.

O titular da pasta, Jonas Bringhenti, explica que existem atualmente 517 cadastros. A meta da Administração Municipal é cadastrar no sistema as mil propriedades rurais que faltam.

GPS Rural foi implantado em 2017 no município – Foto: Secom/Divulgação/NDGPS Rural foi implantado em 2017 no município – Foto: Secom/Divulgação/ND

Segundo Bringhenti, este é um programa que foi idealizado pela SEDEMA (Secretaria de Desenvolvimento Rural e Meio Ambiente) em parceria com a SAC (Sociedade Amigos de Chapecó), com o apoio das agroindústrias para facilitar o acesso dos serviços de saúde e segurança no interior.

“Até agora o agricultor paga R$ 20 para ter acesso ao sistema e a prefeitura pagava placa. Mas como as propriedades estão mapeadas por GPS agora a prefeitura vai fará a inclusão no sistema gratuitamente, nós vamos inverter para facilitar o acesso”, esclarece.

Fica a critério do proprietário se quiser ou não comprar a placa. Um dos servidores municipais que trabalha no sistema, Gilson Pagliosa, destaca que o código de GPS facilita o atendimento da Polícia Militar, Bombeiros, Samu e SAER.

Facilidade

Um exemplo é a propriedade de Orlei da Fonseca, na Linha Boa Vista, onde já foi preciso chamar o helicóptero da Polícia Civil. A esposa de Orlei, Rita Felicetti Fonseca, disse que até para chamar o transporte por aplicativo facilita.

“Nós estamos no sistema há cinco anos e, há dois anos, quando minha sogra se acidentou, o helicóptero do Saer chegou em oito minutos”, lembra.

Agricultores não precisarão mais pagar taxa para ter o GPS Rural. – Foto: Leandro Schmidt/Prefeitura de Chapecó/Divulgação/NDAgricultores não precisarão mais pagar taxa para ter o GPS Rural. – Foto: Leandro Schmidt/Prefeitura de Chapecó/Divulgação/ND

O comandante da 2º Batalhão de Polícia Militar de Chapecó, major Ademir Barcarollo, afirma que GPS Rural facilita muito o atendimento. “As placas são a referência que os policiais têm da propriedade. Sabem que foi daquela propriedade que partiu o chamado e aquele número que foi informado”.

Como se cadastrar?

Para de cadastrar ao sistema o produtor deve ir até a secretaria, no Mercado Público, munido do CPF e Identidade. Lá ele receberá um número e um código, que será informado nas ocorrências.

Além do cadastramento das novas placas existem cerca de cem placas que ainda não foram retiradas pelos proprietários. Eles estão sendo convocados a retirarem a identificação.

Acesse e receba notícias de Chapecó e região pelo WhatsApp do ND+

Entre no grupo
+

Segurança