Andarilho sem documentos morre atropelado na BR-101 em Joinville

Homem tem idade aproximada de 60 anos. Corpo está no IML (Instituto Médico Legal)

Rogério Souza Jr/ND

Peritos do IGP reuniram pertences da vítima, para tentar uma identificação

Um andarilho morreu após ser atropelado na BR-101, em Joinville. O acidente aconteceu às 7h50 desta sexta-feira (27/4/12), no quilômetro 32 da rodovia, pouco depois do trevo de acesso ao Ceasa, na pista Norte-Sul. Um utilitário e um caminhão se envolveram no acidente.
Segundo a PRF (Polícia Rodoviária Federal), o homem – que não foi identificado até a noite desta sexta – tentava cruzar a estrada quando foi atingido por um Renault Sandero, com placa AUW-2238, de São José dos Pinhais (PR). A vítima morreu na hora. Após atropelar o pedestre, o carro acabou batendo contra um caminhão, com placa CPJ-1992, de Santa Gertrudes (SP). O veículo desgovernado ainda atingiu de raspão um ônibus.
Equipes do IML (Instituto Médico Legal) de Joinville foram até o local e recolheram o corpo do atropelado. Pertences como roupas e um livro religioso eram as únicas coisas que ele levava. O corpo passou por necropsia e está à espera de identificação no IML. A vítima tem aproximadamente 60 anos, com a barba e os cabelos grisalhos.
O condutor do carro, Everson Hamilton da Silva, não sofreu ferimentos. Bastante abalado, ele não quis conversar com a imprensa. O motorista do caminhão, Mailton Genuíno de Vargas, 36 anos, disse que viu quando o andarilho se jogou na frente do carro. “Ele veio sem olhar e se atirou na frente do carro. O motorista não teve como frear. Eu tentei segurar o caminhão, mas também fui atingido pelo Renault, que ficou desgovernado”, declarou o caminhoneiro.
O fluxo do trânsito na rodovia não ficou comprometido devido ao acidente.

Acesse e receba notícias de Joinville e região pelo WhatsApp do ND+

Entre no grupo
+

Segurança