Após desafiar autoridades, empresário recua e respeita decreto restritivo em SC

Dono do Madrugadão Lanches chegou a ir à polícia dizer que não cumpriria horário de funcionamento estabelecimento pelo Estado

A novela envolvendo o Madrugadão Lanches, em Blumenau, ganhou mais um capítulo. Após desafiar as autoridades, o empresário Jalmei Garcia recuou.

Ele chegou a ir pessoalmente ao Batalhão da Polícia Militar no início da noite de domingo (21) para dizer que não respeitaria o horário de funcionamento estabelecimento pelo governo do Estado.

Após desafiar autoridades, empresário recua e respeita decreto restritivo em SC – Foto: Reprodução/Redes SociaisApós desafiar autoridades, empresário recua e respeita decreto restritivo em SC – Foto: Reprodução/Redes Sociais

Em vídeo reiterou que não fecharia as portas às 22h, como determina o decreto voltado à contenção da Covid-19. Frisou que manteria a lanchonete aberta até a meia-noite, como o habitual.

Porém, por volta das 22h15, uma equipe da força-tarefa foi ao local para averiguar a situação. Ao chegarem no estabelecimento, encontraram o Madrugadão “fechado, de acordo com o decreto 1.218/21, não confirmando a intenção anteriormente manifestada”, diz nota emitida pela Polícia Militar.

Relembre o caso

Na sexta-feira (19), Jalmei Garcia publicou um vídeo dizendo que não respeitaria o decreto e manteria a lanchonete aberta após às 22h no sábado (20). Ciente da situação, a Polícia Militar foi ao local e disse que as atividades foram sim encerradas.

No domingo (21) de manhã o empresário publicou novo vídeo afirmando que não fechou a lanchonete após a fiscalização e, inclusive, pontou que a PM permitiu que o espaço funcionasse. A polícia negou as afirmações e divulgou nota dizendo que a reincidência pode implicar em medidas mais rígidas.

Participe do grupo e receba as principais notícias
de Blumenau e região na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.

+

Segurança