Assaltante morto em confronto com a PM em Florianópolis

Homem é morto em perseguição, após furtar casa de policial no Norte da Ilha

Depois de roubar em uma casa e furtar a motocicleta de um vendedor de bebidas em um bar localizado na rua Manoel Leôncio de Brito, Vargem Pequena, Norte da Ilha,  para fugir da Polícia Militar, o mineiro Luis Gustavo da Cruz Paguiela, 23,  foi morto em confronto com os PMs. O comparsa dele, David Martins de Souza, não passou por uma barreira policial no posto P1, da Polícia Rodoviária Militar, em Ratones. Ele guiava o Palio cinza GWL-5870 (Sabará/MG). No carro foram recuperados joias, óculos de sol e outros pertences roubados da casa do policial militar Gabriel Silveira Orofino, 29.

O pescador aposentado Manoel de Paula, 73, contou que quando saiu de casa de manhã para tratar os passarinhos ficou desconfiado com o Palio, com placas de Minas Gerais, estacionado nas imediações, mas não deu importância.  Ele disse que quando retornou o carro estava no mesmo local. “ Aquilo me chamou a atenção então anotei as placas do carro para jogar no bicho”.  De acordo com o pescador, os vidros eram escuros e ele não pode ver se havia alguém dentro do carro.

Enquanto isso, os suspeitos arrombavam a casa do PM. O alarme disparou na empresa terceirizada que entrou em contato com Orofino. Ele avisou a Central de Emergência 190 e veio conferir o que havia ocorrido. Uma guarnição do 21º BPM chegou ao local antes do dono da casa e foi informada pelos vizinhos que um Palio havia saído minutos antes e que um segundo suspeito estaria escondido no matagal.

O ladrão que estava no mato saiu do esconderijo e ameaçou fregueses de um bar para furtar a motocicleta do vendedor de bebidas Chairon Brasil, 26 anos. “Eu estava conversando com a dona do bar quando avistei um jovem armado ameaçando as pessoas que estavam tomando cerveja na área do bar. O suspeito subiu na moto e tentou sair. Ele levou dois tombos até conseguir engatar a primeira marcha e fugir”, lembrou Brasil . Na perseguição policial Paguiella foi morto.

Policiais da Delegacia de Homicídio interrogaram o suspeito preso no posto 1 da PRMv e foram informados de que eles estavam parando em uma casa alugada  na próximo a Praia Mole. Agora a polícia tenta localizar as companheiras dos suspeitos que estariam com parte dos objetos furtados.

Participe do grupo e receba as principais notícias
da Grande Florianópolis na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Segurança

Loading...