Belo deixa a prisão após decisão de desembargador

Magistrado Milton Fernandes de Souza confirmou que não havia urgência na prisão do artista

O cantor Belo deixou a cadeia pública José Frederico Marques, em Benfica, no Rio de Janeiro, por volta das 11h25 desta quinta-feira (18).

A soltura acontece após o escritório de advocacia Daniel Dias, que defende o cantor Belo, impetrar habeas corpus no fim da noite de quarta (17), no Plantão Judiciário.

Cantor Belo deixa a prisão na manhã desta quinta (18) – Foto: Reprodução/Youtube/NDCantor Belo deixa a prisão na manhã desta quinta (18) – Foto: Reprodução/Youtube/ND

A decisão havia sido dada pelo desembargador Milton Fernandes de Souza. Nela, o magistrado confirmou que não havia urgência na prisão de Belo.

“No caso em tela, verifica-se que o evento ocorreu dia 12.02.2021, ou seja, 4 dias antes da representação da autoridade policial pela prisão temporária. Com efeito, os elementos trazidos aos autos indicam, conforme parecer do Ministério Público de 1º Grau, que não havia a urgência qualificada necessária para a decretação de prisão preventiva em sede de plantão judiciário. De qualquer forma, o juízo natural irá apreciar a questão com maiores elementos de convicção.”

Relembre o caso

O cantor foi preso na tarde desta quarta (17), em Angra dos Reis, costa verde do Estado, pela Polícia Civil do Rio de Janeiro, em uma operação batizada de “É o que eu mereço”, em referência a uma das músicas do cantor.

O artista é investigado por ter realizado um show no Centro Integrado de Educação Pública, na Maré, durante o Carnaval sem a permissão de autoridades públicas que proibiram aglomerações como medida de combate à pandemia.

+

Segurança