Autoridades buscam entender o incêndio que carbonizou três pessoas em Florianópolis

Ocorrência adentrou a madrugada desta quarta-feira, na região continental de Florianópolis; um adulto e duas crianças estão entre as vítimas fatais

Adentrou a madrugada desta quarta-feira (12) os trabalhos para entender a dinâmica do trágico incêndio que vitimou três pessoas, na noite desta terça, em Florianópolis.

Agentes da Polícia Civil e da Polícia Científica (antigo IGP), até o início da madrugada, permaneciam no local colhendo pistas para elucidar as causas, além de fazer a devida identificação dos envolvidos.

Imagem das chamas é impressionante; três vítimas fatais no incêndio - Carolina Alves Silva/NDTV/divulgação
1 5
Imagem das chamas é impressionante; três vítimas fatais no incêndio - Carolina Alves Silva/NDTV/divulgação
Autoridades fecharam a rua e adentraram a madrugada em incêndio que deixou três mortos, em Florianópolis - Marcelo Feble/NDTV/divulgação
2 5
Autoridades fecharam a rua e adentraram a madrugada em incêndio que deixou três mortos, em Florianópolis - Marcelo Feble/NDTV/divulgação
Incêndio em residência, na região continental de Florianópolis - Divulgação/ND
3 5
Incêndio em residência, na região continental de Florianópolis - Divulgação/ND
Residência atingida pelas chamas; causas serão investigadas na tragédia que matou três pessoas - Divulgação/Google
4 5
Residência atingida pelas chamas; causas serão investigadas na tragédia que matou três pessoas - Divulgação/Google
FRAME - Corpo de Bombeiros tentar conter as chamas na região continental de Florianópolis; ao menos três mortos confirmados - CRBM/divulgação
5 5
FRAME - Corpo de Bombeiros tentar conter as chamas na região continental de Florianópolis; ao menos três mortos confirmados - CRBM/divulgação

Informações preliminares, repassadas pela GMF (Guarda Municipal de Florianópolis), apontam para um adulto de 56 anos, pai de gêmeos, ambos com sete anos, todos eles carbonizados na residência localizada no bairro Capoeiras, região continental da Capital.

Outra informação repassada pela GMF diz respeito a um terceiro filho, de 10 anos, que não estava em casa na hora da ocorrência que foi chamada, segundo o Corpo de Bombeiros, às 20h. Segundo a Defesa Civil de Florianópolis, o homem vítima da tragédia tem ao total cinco filhos. Os filhos, de 17 e 20 anos, residem com parentes.

Incêndio em Florianópolis, no bairro Capoeiras – Vídeo: Carolina Alves Silva/NDTV/divulgação

A reportagem tentou o contato com o Corpo de Bombeiros mas, até o fechamento da matéria, a informação era de que a ocorrência “estava em aberto”.

A Polícia Civil vai instaurar um inquérito para apurar o caso e deve contar com o laudo do Corpo de Bombeiros para o ‘sucesso’ da investigação.

O incêndio

Ao menos três pessoas morreram em um incêndio em residência atendido na noite desta terça-feira (11), em Florianópolis. Por volta das 20h o Corpo de Bombeiros foi acionado para o combate às chamas, na rua Irmã Bonavita, próxima ao limite entre os bairros Estreito e Capoeiras.

Viaturas do Corpo de Bombeiros foram acionados por volta das 20h para o conter as chamas em uma casa de madeira. De acordo com o que foi repassado pelas equipes que ainda estão no local, a residência foi totalmente consumida pelas chamas e, no trabalho de rescaldo, foram encontradas três pessoas carbonizadas.

Mais vídeos do incêndio

Incêndio em residência, no bairro Capoeiras, em Florianópolis – Vídeo: Carolina Alves Silva/NDTV

Incêndio deixou três mortos na região continental de Florianópolis – Vídeo: Carolina Alves Silva/NDTV

Incêndio na região continental de Florianópolis – Vídeo: Divulgação/ND

Corpo de Bombeiros tentar conter as chamas na região continental de Florianópolis; ao menos três mortos confirmados – Vídeo: CRBM/Divulgação/ND

Corpo de Bombeiros tenta conter chamas em residência: ao menos três mortes confirmadas – Vídeo: Divulgação/CRBM/ND

Participe do grupo e receba as principais notícias
da Grande Florianópolis na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Bombeiros

Loading...