Bombeiros de SC visitam comércios e residências para dar dicas de prevenção contra incêndios

As visitas ocorrem em todos os municípios onde há quartéis do CBMSC, são gratuitas e os bombeiros militares e comunitários estarão sempre fardados e identificados.

Até o dia 2 de julho, o CBMSC (Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina) realiza a Operação Alerta Vermelho em Santa Catarina, que tem como objetivo auxiliar na prevenção contra incêndios em residências e estabelecimentos comerciais.

Bombeiros dão dicas quanto à prevenção de incêndios em decorrência do gás de cozinha – Foto: CBMSC/Divulgação/NDBombeiros dão dicas quanto à prevenção de incêndios em decorrência do gás de cozinha – Foto: CBMSC/Divulgação/ND

Para isso, equipes estão indo às ruas visitar comércios e endereços residenciais para orientar sobre as instalações de gás. As visitas ocorrem em todos os municípios onde há quartéis do CBMSC, são gratuitas e os bombeiros militares e comunitários estarão sempre fardados e identificados.

Segundo o CBMSC, a ação é de grande relevância uma vez que diversas notificações por explosões de botijões de gás no município. Um dos casos mais recentes e marcantes no Estado foi a explosão provocada por vazamento de gás em um apartamento em Jurerê, na Região Norte de Florianópolis, em 25 de maio de 2021. A estrutura colapsou e ficou completamente destruída. Uma mulher morreu.

Antes e depois de casa que explodiu em Jurerê por conta do vazamento de gás – Foto: Google Street View/Maria Fernanda Salinet/NDAntes e depois de casa que explodiu em Jurerê por conta do vazamento de gás – Foto: Google Street View/Maria Fernanda Salinet/ND

Confira a seguir algumas dicas do Corpo de Bombeiros para a instalação de GLP (Gás Liquefeito de Petróleo) em residências:

Evite acidentes!

  • Adquira botijões de revendas autorizadas pela Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP);
  • O botijão não deve possuir amassados, marcas de ferrugem ou qualquer outro tipo de dano. Confira se os lacres estão inviolados;
  • O regulador de pressão e a mangueira devem possuir a identificação do INMETRO gravada e estar dentro do prazo de validade;
  • Não deixe queimadores (como o fogão, por exemplo) acesos sem supervisão;
  • Não facilite o acesso de crianças ao fogão e ao botijão;
  • Não instale cortinas, ou mantenha panos de prato e outros materiais inflamáveis no entorno do fogão ou do botijão de gás;
  • Nunca utilize fogareiro ou lampião diretamente sobre botijões de 8 e 13 kg;
  • Jamais tente eliminar um vazamento de maneira improvisada e procure pessoas habilitadas para fazer qualquer conserto ou modificação;
  • Não utilize isqueiro ou fósforo para verificar se há um vazamento, faça o teste da espuma (coloque espuma feita com detergente e água em uma esponja sobre a junção da borboleta com o botijão. Se a espuma crescer ou borbulhar é sinal de vazamento);
  • Quando o botijão estiver quase vazio, não deite-o tentando aumentar o aproveitamento. Esta prática pode causar acidentes, pois parte do gás encontra-se no estado líquido, podendo ocasionar danos e posteriormente vazamentos de gás, bem como romper parte da mangueira.

É importante ressaltar que as mangueiras e registros têm validade de cinco anos a partir da data de fabricação.

Caso passem do prazo ou apresentem defeitos, os instrumentos devem ser trocados – Foto: CBMSC/Divulgação/NDCaso passem do prazo ou apresentem defeitos, os instrumentos devem ser trocados – Foto: CBMSC/Divulgação/ND

Atenção ao instalar o botijão de gás de cozinha em casa!

  • O botijão deve ficar do lado de fora, em um lugar protegido, porém ventilado;
  • Jamais deixe dentro de armários, vãos de escadas e porões;
  • Não deve ficar próximo a desníveis, ralos ou locais de escoamento de ar, já que sendo mais pesado que o ar, em caso de vazamento, o gás poderia ficar retido e acumular-se nesses lugares, com o risco de explosões.
A recomendação é de que a instalação do gás de cozinha seja feita em área externa da casa – Foto: CBMSC/Divulgação/NDA recomendação é de que a instalação do gás de cozinha seja feita em área externa da casa – Foto: CBMSC/Divulgação/ND

Dicas para segurança em restaurantes

  • Limpe o exaustor ou coifa, bem como os filtros, para evitar incrustações de óleo, gorduras e creosoto;
  • Cuidado com a integridade de partes do equipamento, em especial os materiais de revestimento térmico;
  • Observe e aja imediatamente ao sinal de qualquer ruído diferente durante a utilização;
  • Tire de perto todos os materiais combustíveis, como tecidos e fios elétricos, por exemplo;
  • Mantenha em dia a manutenção dos sistemas elétricos do aparelho, especialmente os exaustores internos;
  • Verifique e mantenha em dia os sistemas de segurança e preventivos para a detecção ou combate a incêndios, além do atestado de vistoria de funcionamento em vigência;
  • Invista no treinamento de funcionários e, se houver, da brigada de incêndio para que saibam como agir em caso de incêndio;
  • Com base nos produtos utilizados na cozinha, identifique o que mais acumula nas coifas (gordura ou carvão, por exemplo) e, com isto, saiba previamente qual produto utilizar no combate a incêndio, já que em alguns casos um agente extintor errado pode agravar a situação.
Vistorias em restaurantes também são necessárias para evitar acidentes – Foto: CBMSC/Divulgação/NDVistorias em restaurantes também são necessárias para evitar acidentes – Foto: CBMSC/Divulgação/ND

Ainda no canal oficial do YouTube do CBMSC demais vídeos de segurança contra incêndio são disponibilizados:

Extintores

Saídas de Emergência

Cuidados em casa

Em caso de emergência, ligue 193!

+

Bombeiros

Loading...