Corpo de idoso encontrado no rio em Botuverá estava em avançado estado de decomposição

Identificado como João Batista Mariani, 64 anos, ele desapareceu dia 5 de junho no rio Itajaí-Mirim

Foi identificado como João Batista Mariani de idoso de 64 anos que estava desaparecido no rio Itajaí-Mirim, em Botuverá. 

Corpo foi localizado a 3 km de onde o idoso foi visto pela última vez. – Foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação/NDCorpo foi localizado a 3 km de onde o idoso foi visto pela última vez. – Foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação/ND

O corpo do homem foi encontrado após sete dias de buscas a cerca de 3 km de onde foi visto pela última vez. Por causa do estado de decomposição em que o corpo foi encontrado, não foi possível realizar o velório do idoso. Ele foi enterrado no Ribeirão do Ouro, em Botuverá.

Nas redes sociais, a família lamentou a morte e agradeceu ao apoio de amigos e conhecidos. “Nossos corações estão mais tranquilos e nossas almas em paz”, disse uma sobrinha.

Ainda não se sabe as circunstâncias da morte do idoso, o que teria motivado a ida dele ao rio ou como se deu o desaparecimento. Ele não era visto desde o dia 5 de junho.

Segundo o Corpo de Bombeiros Militar, o corpo estava boiando nas margens do rio, junto a um bambuzal. Os socorristas acreditam que tenha boiado no início da madrugada de domingo (12).

Participe do grupo e receba as principais notícias
de Blumenau e região na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Bombeiros

Loading...