Guarda-vidas tem mal-súbito e é socorrido pela equipe do Arcanjo na Capital

Batalhão de Operações Aéreas realizou atendimento ao guarda-vidas Civil na praia dos Açores, em Florianópolis, com equipe do Arcanjo-01

Um guarda-vidas civil sofreu um mal-súbito na tarde deste domingo (22), após realizar o resgate de uma menina que foi arrastada pela corrente de retorno na praia dos Açores, em Florianópolis. O homem teve uma crise de exaustão por esforço ao retornar à faixa de areia e foi prontamente socorrido pelos colegas, que iniciaram o atendimento.

Na sequência, o homem foi socorrido pela equipe do Arcanjo-01, que pertence a estrutura do BOA (Batalhão de Operações Aéreas) do CBMSC (Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina).

Segundo informações dos colegas que estavam no local, o guarda-vidas civil teve Covid-19, mas não estava positivado e estava liberado para retornar às atividades.

“A gente fez o atendimento com a equipe médica, avaliou a situação dele, foi feito o acesso venoso com a aplicação de medicamentos e a equipe médica fez um eletrocardiograma” explicou o segundo 2º Tenente Nicolas Paolo Zanella, Comandante de Operações Aéreas e Relações Públicas do BOA. 

O homem foi conduzido com o apoio da Unidade de Saúde Básica (USB-02) à Unidade de Pronto Atendimento Sul, no Rio Tavares.

Acesse e receba notícias da Grande Florianópolis pelo WhatsApp do ND+

Entre no grupo
+

Bombeiros