Motorista conta terror antes da explosão de caminhão na Grande Florianópolis; VÍDEOS

Claudemir Bianchi, de 54 anos, quebrou a janela do veículo para se salvar antes do início das chamas

O motorista Claudemir Bianchi, de 54 anos, que dirigia o caminhão que caiu do viaduto na BR-101, no km 216,1, e explodiu em Palhoça, na Grande Florianópolis, conta que precisou quebrar a janela do veículo para se salvar. O acidente ocorreu por volta das 8h15 desta terça-feira (14).

Fogo foi controlado por volta das 9h40 desta terça-feira (14) – Foto: PMSC/Divulgação/NDFogo foi controlado por volta das 9h40 desta terça-feira (14) – Foto: PMSC/Divulgação/ND

Antes de o veículo explodir, Claudemir conseguiu sair e não aguardou no local para atendimento. Ele foi a uma empresa ao lado do trevo de acesso ao bairro Arirú, onde ocorreu o acidente, para telefonar ao seu empregador. O motorista teve ferimentos leves.

Caminhão em chamas após cair de viaduto em Palhoça – Vídeo: Divulgação/ND

Em relato aos bombeiros, o homem disse que percebeu uma falha mecênica e não conseguiu frear a tempo porque uma das rodas travou. Além disso, chovia muito e havia filas no trecho.

Caminhão foi recolhido após ficar em chamas na BR-101, em Palhoça – Vídeo: Guilherme Pinto/Divulgação/ND

Segundo o comandante de área do Corpo de Bombeiros Militar, o tenente Gabriel Laurentino, o motorista não morreu porque usava cinto de segurança e a carreta estava sem carga. “Sem o cinto creio que não se salvaria”, afirma Laurentino. Por volta das 9h40, o fogo foi apagado.

Veja o momento da explosão

A cena da explosão ocorreu rapidamente às margens da BR-101. Em uma câmera de vigilância, é possível perceber a fuligem e as chamas ao fundo.

Momento da explosão da caminhão na BR-101, em Palhoça, na manhã desta terça-feira (14) – Vídeo: Divulgação/ND

O Corpo de Bombeiros Militar, ambulâncias da Arteris Litoral Sul, agentes da PRF (Polícia Rodoviária Federal) foram chamados para atender a ocorrência. A Polícia Militar e a Guarda Municipal de Palhoça também estiveram no local.

Segundo a Arteris Litoral Sul, o trecho entre o km 216,9 ao km 216,4 segue com a faixa da esquerda interditada por volta de meio-dia.

Participe do grupo e receba as principais notícias
da Grande Florianópolis na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Bombeiros

Loading...