Mulher é resgatada no Monte Crista, em Garuva

Depois de acampar no cume do morro, mulher torceu o pé na descida e precisou ser resgatada

Um acampamento terminou com um resgate de aproximadamente cinco horas na tarde de domingo (14), em Garuva, no Norte de Santa Catarina. Uma mulher precisou ser resgatada pelo GRM (Grupo de Resgate em Montanha) depois de torcer o pé e ficar sem condições de continuar a descida com o grupo de outras quatro pessoas que subiram até o cume para acampar no sábado (13).

Resgate demorou cerca de cinco horas e vítima foi encaminhada ao Pronto Atendimento – Foto: Robertson Lach/ GRMResgate demorou cerca de cinco horas e vítima foi encaminhada ao Pronto Atendimento – Foto: Robertson Lach/ GRM

O diretor operacional do GRM, Robertson Lach, explica que o grupo descia quando o acidente aconteceu. Duas pessoas desceram e conseguiram acionar os Bombeiros Voluntários de Joinville, que prontamente acionou o grupo de resgate.

“Começamos por volta das 14h com uma equipe subindo para fazer os primeiros atendimentos, outro grupo subiu com os equipamentos e um terceiro grupo subiu para ajudar nos trabalhos”, conta. Foram cerca de 20 pessoas envolvidas na ação, que terminou por volta das 19h.

A mulher foi encaminhada ao Pronto Atendimento de Garuva, onde realizou exames e passou por atendimento.

Foram cerca de 20 pessoas envolvidas no resgate que durou aproximadamente cinco horas – Foto: Robertson Lach/ GRMForam cerca de 20 pessoas envolvidas no resgate que durou aproximadamente cinco horas – Foto: Robertson Lach/ GRM

Foram cerca de sete quilômetros de descida com a mulher imobilizada em uma maca. De acordo com Lach, este é o segundo resgate realizado pelo grupo neste ano no Monte Crista.

Participe do grupo e receba as principais notícias
de Joinville e região na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.

+

Bombeiros