O que se sabe sobre o translado dos corpos de Jesse e Shurastey para SC

Amigos fizeram vaquinha para arrecadar R$ 120 mil para transportar corpo de catarinense; cachorro deve ser cremado nos EUA

Após o trágico acidente que vitimou o catarinense Jesse Koz, de 29 anos, e seu cachorro Shurastey, na última terça-feira (24), na rodovia US 199, próximo à cidade de Selma, Oregon, nos Estados Unidos, familiares e amigos enfrentam um novo drama: o translado do corpo do youtuber e do cachorro para Santa Catarina.

Para custear o translado, um casal de amigos que estava com a dupla no momento do acidente, movimentou uma vaquinha online que bateu a meta de R$ 120 mil em poucas horas. Agora, eles correm com as papeladas para trazer o corpo de Jesse. Por conta de normas sanitárias, Shurastey será cremado nos EUA.

Famoso abraço de Jesse e Shurastey – Foto: Reprodução/InternetFamoso abraço de Jesse e Shurastey – Foto: Reprodução/Internet

Felipe Pires, melhor amigo de Jesse em Santa Catarina, conta que estão negociando com a tia do catarinense para decidir o local de velório e se será aberto ao público. Até agora, só está confirmado que tanto o velório, quanto o enterro serão em Balneário Camboriú, no Litoral Norte de Santa Catarina.

Parte da família de Jesse mora em Curitiba, no Paraná, e também trabalham para organizar a cerimônia de cremação dele em Santa Catarina. O corpo do catarinense deve demorar aproximadamente 30 dias para chegar ao Brasil, de acordo com amigo.

Roana e Diego, que viajam de van pelo país com o cão Zed e criaram a vaquinha, estavam na frente do Fusca quando aconteceu a colisão. Eles compartilham um comunicado pelo Instagram.

“Sofremos um acidente muito feio na estrada. Fizemos tudo que estava ao nosso alcance para salvar o Jesse e o Shurastey, mas infelizmente eles faleceram no local”, escreveram os viajantes em um triste comunicado. “É um momento muito difícil”.

A notícia da morte do morador de Santa Catarina chegou ao Brasil por volta das 15h desta terça-feira (24). Comoção e tristeza tomaram conta de todos que conheciam ou acompanhavam as aventuras da dupla, que estava a poucos quilômetros do destino, Alasca, nos Estados Unidos.

Autoridades catarinenses também estão se movimentando para ajudar no translado do corpo de Jesse e das cinzas de Shurastey. O governador de Santa Catarina, Carlos Moisés (Republicanos), também anunciou ajuda no translado. Moisés afirmou estar em contato com as autoridades internacionais para ajudar no transporte.

“O ministro respondeu rapidamente e se colocou à disposição para conversar com as autoridades diplomáticas e desembaraçar as questões burocráticas do translado”, comentou o governador em entrevista para o Grupo ND.

Homenagens inundam redes sociais

Jesse e Shurastey receberam diversas homenagens após a trágica notícia. O prefeito de Balneário Camboriú, Fabrício Oliveira (Podemos), prestou homenagem ao amigo e o cão.

“Jesse e seu fiel companheiro de viagem trilharam uma bela história, partiram de BC com a missão de viajar até o Alasca em seu fusca. Espalharam alegria, amor e mostraram a importância da amizade para o mundo”, escreveu.

Carlos Moisés também publicou homenagens aos catarinenses no Instagram. “A alegria, a disposição para fazer o que mais gostavam e a inseparável amizade de Jesse Koz e Shurastey foram inspiração para muitos catarinenses e brasileiros. Meus sentimentos aos familiares, amigos e seguidores da dupla”, escreveu.

Trágico acidente

Segundo um portal local, Jesse seguia sentido Norte na rodovia US 199, próximo à cidade de Selma, Oregon, nos Estados Unidos, quando desviou de outro carro que havia diminuído a velocidade.

Ao voltar para a pista, o Fusca teria perdido o controle e colidido de frente com um Ford/Escape que vinha no sentido oposto. Eileen Huss, de 62 anos, que dirigia o carro, sofreu ferimentos e foi levada ao hospital local. Jesse morreu no local.

Participe do grupo e receba as principais notícias
de Itajaí e região na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Bombeiros

Loading...