Pai e filha morrem afogados ao tentar atravessar rio em São Joaquim

Segundo os bombeiros, as vítimas tentaram fazer a travessia em uma embarcação de madeira

Adineo Manoel da Silva, de 65 anos, e a filha Milene da Silva, de 23 anos, saíram de casa na manhã da última sexta-feira (23) com destino a uma residência do outro lado do rio Pelotas, na localidade do Fundo da Lamoa, interior do município de São Joaquim, na Serra de Santa Catarina, mas desde então não foram mais vistos.

Pai e filha estavam há seis metros de distância um do outro. – Foto: Corpo de Bombeiros Militar/Divulgação/NDPai e filha estavam há seis metros de distância um do outro. – Foto: Corpo de Bombeiros Militar/Divulgação/ND

Após quase uma hora de buscas, os corpos de pai e filha foram localizados a seis metros de distância um do outro.  A identidade das vítimas foi confirmada pelo IGP (Instituto Geral de Perícias).

Buscas duraram pouco mais de uma hora

Segundo o Corpo de Bombeiros Militar, eles teriam utilizado uma embarcação de madeira, mas não chegaram ao destino final.  Após denúncia de familiares sobre o desaparecimento, os bombeiros realizaram buscas subaquáticas e aéreas com a ajuda de um drone.

A procura começou às 14h40 e por volta das 15h30 os socorristas encontraram uma bolsa, que pertencia a uma das vítimas. O corpo encontrado foi o de Milene primeiro, a cerca de 550 metros abaixo do local onde havia evidências do afogamento. Cerca de 20 minutos depois, o corpo de Adineo também foi localizado, a seis metros de distância da filha.

Corpos foram localizados na tarde do sábado (24). – Foto: Corpo de Bombeiros Militar/Divulgação/NDCorpos foram localizados na tarde do sábado (24). – Foto: Corpo de Bombeiros Militar/Divulgação/ND
+

Bombeiros

Loading...