Quem era o pescador que morreu após barco naufragar em Balneário Barra do Sul

Apesar da experiência com a pesca, ele não resistiu após o barco virar por causa do mar revolto

Era no mar que Gilberto Miguel Militão passava grande parte dos dias e dele também que tirava o sustento. A ironia é que justamente no mar ele acabou perdendo a vida, após o barco em que estava virar na tarde de terça-feira (21), em Balneário Barra do Sul, no Litoral Norte catarinense.

Gilberto era pescador profissional e estava com a esposa no barco – Foto: InternetGilberto era pescador profissional e estava com a esposa no barco – Foto: Internet

Gilberto era filho de pescador e tinha experiência na atividade. No momento do acidente, estava com a esposa, Tatiane Souza, que o ajudava na pesca de camarão, já que ele tinha um problema no quadril que dificultava os seus movimentos.

O mar estava revolto e as ondas acabaram virando o barco de alumínio em que o casal pescava. Tatiane conseguiu se segurar em um barril de óleo que boiava, foi resgatada por um guarda-vidas e levada ao Hospital São José, em Joinville, com hipotermia e em estado de choque.

Barco com o casal naufragou em Balneário Barra do Sul – Vídeo: @classicos.vintage

Já Gilberto teve uma parada cardiorrespiratória e não resistiu. Nas redes sociais, amigos e familiares prestaram homenagens: “Gilberto era um guerreiro, sempre na ativa, nunca desistiu diante dos problemas”. O corpo dele foi levado para Penha, onde será velado.

Participe do grupo e receba as principais notícias
de Joinville e região na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Bombeiros

Loading...