Região de Rio do Sul passará a ter batalhão do Corpo de Bombeiros

O 15º Batalhão, criado por decreto nesta semana, é um desmembramento da área que era coberta até então pelo batalhão sediado em Lages

A região de Rio do Sul passará a ter um batalhão do Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina (CBMSC). O 15º Batalhão, criado por meio do decreto 611, de 21 de maio, é um desmembramento da área que era coberta até então pelo batalhão sediado em Lages, a 130 quilômetros.

A ativação do novo batalhão em Rio do Sul ocorrerá em junho – Foto: CBMSC/Divulgação/ND

A região de Rio do Sul pertencia até então ao 5º Batalhão, o maior de Santa Catarina. A unidade atendia 48 municípios e passará a atender 19, enquanto o 15º Batalhão abrangerá 29 cidades.

“Esta é uma demanda que já era solicitada há alguns anos. No passado já houve tratativas para concretizar o 15º BBM, com o objetivo de proporcionar mais autonomia à região, que apesar do tamanho e importância ao Estado e ao CBMSC, ainda era subordinada a outro batalhão. Com a assinatura do governador Carlos Moisés poderemos criar esta unidade e beneficiar ainda mais a sociedade com um serviço de excelência”, explica o comandante-geral do CBMSC, coronel Charles Alexandre Vieira.

Em 2019, o 5º Batalhão do Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina atendeu 13.655 ocorrências, sendo que 6.470, o equivalente a 47%, foram nos 29 municípios que passarão a ser atendidos pela nova unidade.

Batalhão de Rio do Sul foi ativado em 1973

Para a concretização desta transformação foi realizado um estudo, analisando a área atendida, as ocorrências e as peculiaridades da região. O quartel que abrigará a sede do batalhão foi ativado no local em 31 de março de 1973.

Segundo o Governo do Estado, o atual quartel já possui todas as condições de funcionamento, não necessitando de novos investimentos.

Batalhão de Rio do Sul foi ativado em 1973 – Foto: CBMSC/Divulgação/ND

O comando-geral do CBMSC está realizando uma consulta interna para a definição do comandante do batalhão. A ativação do batalhão ocorrerá em junho.

+

Bombeiros