‘Sempre prestativa’: Conheça professora que morreu em acidente com guincho em Araquari

O carro onde a professora Jamilie Cristine Vogelsanger, de 37 anos, estava foi atingido por um caminhão guincho na noite desta quarta-feira (24)

Jamilie Cristine Vogelsanger, de 37 anos, que morreu em um trágico acidente na noite desta quarta-feira (24), em Araquari, era conhecida por ser uma das professoras mais queridas da escola onde trabalhava, em Barra Velha, no Litoral Norte de Santa Catarina.

Jamilie morreu em um grave acidente na noite desta quarta-feira (24)Jamilie morreu em um grave acidente na noite desta quarta-feira (24) – Foto: Fotos: Internet/Reprodução/ND e Ricardo Alves/NDTV

Não é difícil entender o apreço dos alunos pela professora de ciências. Para a colega de docência Joice Hélide, a explicação estava no próprio olhar de Jamilie, que era “sempre muito bonito e carinhoso”.

Há mais de cinco anos, Jamilie lecionava para estudantes dos sétimos anos da escola Antônia Gasino De Freitas, em Barra Velha.

“Uma pessoa maravilhosa, paciente, carinhosa e sempre prestativa”, comenta. “Nunca precisava pedir nada para ela, sempre se oferecia primeiro”, completa.

Na manhã desta quinta-feira (25), a escola fez uma publicação, nas redes sociais, em homenagem à docente. Em oito horas, o texto alcançou mais de 250 curtidas e 108 comentários de amigos, alunos, colegas e familiares.

A Escola Básica Municipal Professora Antônia Gasino de Freitas se solidariza com a família e amigos da nossa Professora…

Posted by Ebm Professora Antonia Gasino De Freitas on Thursday, November 25, 2021

Família era a base

Jamilie morreu em um acidente de carro na BR-101 em Araquari. No veículo, estavam também o pai, a mãe, o marido a filha e o enteado da professora. Todos sobreviveram e foram encaminhados ao hospital.

Apenas a filha e o enteado da professora ainda não haviam recebido alta no final desta quinta-feira, segundo familiares. A menina passa por um procedimento cirúrgico no crânio na noite desta quinta; o menino segue estável e não corre risco de morte.

Jamilie Cristine Vogelsanger foi resgatada em estado grave, reanimada, mas não resistiu aos ferimentos e morreu ainda no local do acidente.

“A vida dela era muito puxada. Ela cuidava dos pais idosos. A carga horária na escola era reduzida justamente por causa disso”, comenta a colega Joice. O pai da professora é cadeirante e a mãe passou por um câncer recentemente.

Relembre

A colisão aconteceu pouco depois da meia-noite. Segundo informações, a família voltava para casa, em Barra Velha, após participar de um aniversário em Joinville.

Acidente aconteceu a poucos metros e menos de uma hora após outro grave acidente na rodovia – Foto: Ricardo Alves/NDTVAcidente aconteceu a poucos metros e menos de uma hora após outro grave acidente na rodovia – Foto: Ricardo Alves/NDTV

Após perceber que havia fila na estrada, em decorrência de um acidente anterior, o marido de Jamilie parou o veículo. O caminhão guincho que vinha logo atrás, porém, continuou andando e atingiu o carro da família.

O pai de Jamilie ficou preso ao cinto e às ferragens e a equipe de resgate veicular dos bombeiros precisaram cortar o carro para resgatá-lo. A mãe dela teve ferimentos leves, assim como sua filha. O menino estava com suspeita de fratura e o motorista também teve ferimentos leves.

Jamilie será velada nesta sexta-feira (25) na capela Borba Gato, em Joinville, sua cidade natal.  Depois, será cremada.

Participe do grupo e receba as principais notícias
de Joinville e região na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Bombeiros

Loading...