VÍDEO: incêndio destrói casa e deixa duas pessoas gravemente feridas em Florianópolis

Um homem ateou fogo na residência da ex-companheira, nesta sexta (19), por não aceitar o fim da relação; com a casa em chamas, ele ainda se trancou no banheiro

Uma casa pegou fogo por volta das 6h desta sexta-feira (19) na Cachoeira do Bom Jesus, no Norte da Ilha, em Florianópolis. A suspeita da PM (Polícia Militar) é de que um homem, de 46 anos, tenha incendiado a residência da ex-companheira, de 42, por não aceitar o término da relação.

Fogo começou por volta das 6h desta sexta-feira (19) – Foto: Reprodução/NDFogo começou por volta das 6h desta sexta-feira (19) – Foto: Reprodução/ND

Segundo relatos concedidos aos oficiais, o homem se trancou no banheiro depois de atear fogo na casa. “Bombeiros tiveram que usar força física, porque ele não queria sair”, informou o 1º tenente Edson Cesar Napoleão Junior, comandante do PPT do 21º Batalhão.

A informação preliminar é de que o suspeito não estaria aceitando o fim do relacionamento, e que tinha histórico de embriaguez e violência doméstica.

Feridos

Além do homem, outras três pessoas estavam dentro da casa de alvenaria quando o incêndio começou. O ex-casal está gravemente ferido, com cerca de 70% do corpo queimado, e duas crianças saíram quase ilesas das chamas, de acordo com os militares que prestaram socorro aos moradores.

Havia duas crianças na casa, que não se feriram – Foto: CBMSC/Divulgação/NDHavia duas crianças na casa, que não se feriram – Foto: CBMSC/Divulgação/ND

Às 8h30, os bombeiros já haviam contido o fogo, depois de cerca de uma hora de atendimento. A mulher tinha cinco cachorros e dois gatos; os agentes não têm informações, no entanto, sobre as condições de saúde dos animais.

Mesmo com dificuldades para conseguir vaga em hospitais, por causa da lotação de leitos na região, as vítimas foram encaminhadas ao Hospital Governador Celso Ramos. De acordo com os bombeiros, contudo, o atendimento só foi realizado após muita insistência da guarnição.

De acordo com a PM, o homem deve ser responsabilizado pelo ato.

Veja o vídeo:

Acesse e receba notícias da Grande Florianópolis pelo WhatsApp do ND+

Entre no grupo
+

Bombeiros