Denúncia de tortura na Colônia Penal Agrícola de Palhoça derruba direção

Juíza afastou o diretor, o chefe de segurança e um agente prisional

Colombo de Souza/ND

Diretoria do Deap ainda não foi notificada sobre o decisão da Justiça que determinou o afastamento dos servidores

Agiu corretíssima a juíza da Vara Regional de Execuções Penais de São José, Alexandra Lorenzi da Silva, em destituir a direção da Colônia Penal Agrícola de Palhoça. O chefe de Segurança, Edson Machado, foi acusado de torturar psicologicamente e ameaçar com uma arma de fogo um preso. O agente Luciano Carlos da Silva foi apontado como autor de agressões físicas. E o administrador da unidade, Cristiano Tavares de Carvalho, foi acusado de  omissão. Sabia de tudo e não fez nada. Alexandra ressaltou na sentença que “o Poder Judiciário não pode ser conivente com uma situação que vai totalmente de encontro aos objetivos a que se propõe a execução penal – ressocialização e recuperação –, tratando-se de mera punição vexatória à condição humana e que, em última análise, coloca em perigo tanto os presos quanto a sociedade em geral”. A juíza finalizou o despacho determinando que  a Secretaria de Justiça e Cidadania proceda, imediatamente, o afastamento dos servidores. 

Indenização

O Tribunal de Justiça determinou que o Estado de Santa Catarina e uma revenda de automóveis restituam R$ 40 mil ao comprador de um caminhão, posteriormente, apreendido pela polícia gaúcha. Ao Estado foi imposta obrigação de pagar mais R$ 5 mil por danos morais. No momento da apreensão ficou constatada adulteração grosseira na numeração do chassi, circunstância não identificada quando adquiriu o veículo e o submeteu às vistorias habituais nos órgãos de trânsito catarinenses.

Divulgação/ND

Prédio, que abrigará a delegacia de comarca e o Detran, será inaugurado no mês que vem

Segurança

A obra do  Complexo da Segurança Pública de Camboriú, litoral Norte está quase pronta.  A nova estrutura, na rua São Pedro, esquina com a rua Cingapura, deverá ser inaugurada no mês que vem, de acordo com a cúpula da Polícia Civil. O prédio em dois pavimentos, que abrigará a delegacia de comarca e o Detran consumiu investimento de R$ 1,6 milhão, recursos do programa Pacto por Santa Catarina.  

Divulgação/ND

Secretaria de Segurança Pública inaugura mais seis centrais de videomonitoramento no Estado

Segurança eletrônica

A Secretaria da Segurança Pública inaugura  hoje  mais seis centrais de videomonitoramento urbano no Norte do Estado.  Ao todo, serão 65 novas câmeras de segurança ativas nos municípios de Rio dos Cedros, Pomerode, Itaiópolis, Rio Negrinho, Campo Alegre e Porto União.  Atualmente Santa Catarina conta oficialmente com 76 centrais de videomonitoramento   e 2.377 câmeras de segurança em operação em 111 municípios.  

Dedo duro
Denúncia anônima ao 1º BPM de Itajaí informando que um homem havia deixado uma bicicleta cor de rosa na frente da casa que ele estava furtando levou uma guarnição até a rua Dom Jaime de Barros Câmara, no bairro são Vicente. Quando a viatura chegou,  o ladrão saia da casa carregando uma caixa marrom com vários objetos: três camisas, uma parafusadeira elétrica e quantia em dinheiro. O suspeito não teve para onde correr e foi preso em flagrante. 

Adolescentes
O  4º BPM  realizou uma operação policial no Sul da Ilha e apreendeu quatro  adolescente na correria do tráfico de drogas, além de recolher petecas de cocaína, trouxinhas de maconha e pedras de crack. As duas primeiras prisões ocorreram no Morro do Ubirajara, no Rio Tavares. Ali foram recolhidas 241 petecas de cocaína e uma balança de precisão. Na localidade conhecida como Barreira, os policiais apreenderam mais dois adolescentes e recolheram 50 petecas de cocaína, 30 pedras de crack, maconha, e R$ 433.

Divulgação/ND

Polícia Civil prende dois ladrões de carga e apreende carreta roubada em Joaçaba 

Investigação
A Polícia Civil de Joaçaba prendeu dois homens acusados de roubo de carga e apreendeu uma carreta. O suspeito, de 31 anos, natural de São João Batista, na Grande Florianópolis, e mais um comparsa assaltaram um caminheiro e levaram o caminhão e a carga de carne suína, avaliada em R$ 160 mil. O ladrão de 31 anos era quem conduzia o segundo veículo preparado para o transporte da carga. Ele foi preso com o comparsa ao passar de caminhão por um posto de combustível em Joaçaba. Eles foram levados para a delegacia e apontaram um terceiro assaltante, que ainda não foi localizado. 

Troféu limão
O secretario de Habitação e Desenvolvimento Econômico e vereador licenciado de Herval d’Oeste, Tomaz Alberto Conrado (PMDB) deveria pedir para o partido um curso de bons relacionamentos. Assim ele não sairia espancando jornalistas, como fez com o repórter da  Rádio Líder, Ângelo Júnior Radavelli. A agressão foi motivada pela veiculação da matéria “Em meio à crise financeira, prefeito de Herval d’Oeste nomeia mais um secretário”. Que feio hein secretário? A coluna manda um troféu limão para você.

Loading...