O que está escrito nas cartas do Papa Francisco às famílias da chacina em Saudades

Cartas foram entregues neste domingo durante missa especial realizada pelo Bispo Dom Odelir; crime ocorreu no dia 4 de maio

As famílias das cinco vítimas do ataque à creche Pró-Infância Aquarela em Saudades, no Oeste de Santa Catarina, viveram um momento especial no último domingo (29). Elas receberam das mãos do Bispo Dom Odelir, de Chapecó, cartas do Vaticano em nome do Papa Francisco.

cartas foram entregues em missaBispo Dom Odelir entregou as cartas às famílias. – Foto: Reprodução/Internet

As cartas chegaram no início da última semana na Diocese de Chapecó. Os  cinco envelopes foram enviados pelo Vaticano, cada um destinado para uma família.

As cartas foram entregues em uma missa especial realizada na Igreja matriz, paróquia Sagrada Família, de Saudades. Uma carta foi enviada à Diocese e explica o motivo do envio dos envelopes.

Conforme consta no documento, uma moradora do Rio de Janeiro enviou uma carta ao Papa Francisco. Ela pedia à Santidade uma palavra de conforto para as famílias que perderam seus filhos na chacina que aconteceu na escola.

Em resposta ao pedido da devota,  a Secretaria de Estado do Vaticano “preparou, da parte do Papa Francisco, uma mensagem dirigida às famílias enlutadas”.

O que diz as cartas?

O conteúdo na íntegra das cartas não foi revelado, uma vez que elas foram endereçadas diretamente aos familiares, mas o Bispo Odelir resumiu que o Papa Francisco diz ter tomado conhecimento da tragédia e manifesta suas sinceras condolências pelas perdas dolorosas.

As cartas chegaram no início desta semana – Foto: Diocese Divulgação NDAs cartas chegaram no início desta semana – Foto: Diocese Divulgação ND

Além disso, o Papa transmite uma palavra de consolação diante desse sofrimento, “… na certeza de que a fé que professamos na ressurreição nos leva a sermos pessoas de esperança e não de desespero (…). Jesus nos demonstrou que a morte não é a última palavra, mas o amor misericordioso do Pai que transfigura e nos faz viver a comunhão eterna com Ele”, diz a carta.

O Bispo acrescenta, ainda, que por meio da carta, por intercessão de Nossa Senhora Aparecida, o Santo Padre envia a Bênção Apostólica às famílias das vítimas, extensiva a todas as pessoas que lhe são caras, pedindo também que não se esqueçam de rezar por ele.

Assista a missa na íntegra:

Celebração de entrega das cartas do Papa Francisco as famílias.

Posted by Paróquia Sagrada Família – Saudades on Sunday, August 29, 2021

Relembre o caso

Um jovem de 18 anos invadiu a creche, no dia 4 de maio, e matou cinco pessoas. Entre elas, duas agentes educativas e três bebês com menos de dois anos.

A primeira vítima identificada foi a professora Keli Adriane Anieceviski, de 30 anos. Já a segunda foi a agente educativa Mirla Amanda Renner Costa, de 20 anos.

As crianças foram identificadas como Sarah Luiza Mahle Sehn, de 1 ano e 7 meses, Anna Bela Fernandes de Barros, de 1 ano e 8 meses e Murilo Massing, de 1 ano e 9 meses.

Depois de matar as pessoas, o responsável desferiu golpes com uma adaga contra si e ficou internado no HRO (Hospital Regional do Oeste), em Chapecó. Assim que recebeu alta hospitalar, no dia 12 de maio, ele foi transferido para o Presídio Regional de Chapecó, quando teve alta hospitalar.

Participe do grupo e receba as principais notícias
de Chapecó e região na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Segurança

Loading...