Fabio Gadotti

Comportamento, políticas públicas, tendências e inovação. Uma coluna sobre fatos e personagens de Florianópolis e região.


Categorias da segurança pública pedem reposição das perdas inflacionárias

Documento assinado por 16 entidades foi entregue ao governo do Estado; cálculo da defasagem nos últimos sete anos chega a 45%

O presidente da Acors (Associação de Oficiais Militares de Santa Catarina), coronel Sérgio Luís Sell, entregou ao secretário de Estado da Administração, Jorge Tasca, um documento assinado por 16 entidades da segurança pública que pede a reposição das perdas inflacionárias entre janeiro de 2014 e maio de 2021.

Sérgio Sell, presidente da Acors – Foto: Divulgação/Acors/NDSérgio Sell, presidente da Acors – Foto: Divulgação/Acors/ND

A defasagem acumulada, de acordo com cálculos apresentados ao Executivo, é de cerca de 45%. Executivo e representantes dos servidores devem se reunir novamente dentro de duas ou três semanas.

As entidades representam os efetivos da Polícia Militar, Polícia Civil, Instituto Geral de Perícias e Corpo de Bombeiros Militar.

Participe do grupo e receba as principais notícias
da Grande Florianópolis na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.