Dois homens são presos por caça ilegal de animal silvestre, em Irani

Um deles possuía registro de caçador junto ao Exército; armas e a carcaça de um animal silvestre também foram apreendidas

Dois homens foram presos nesta sexta-feira (15) por caça ilegal de animal silvestre em uma propriedade particular, no município de Irani, no Oeste catarinense. Também foram apreendidas armas e a carcaça de um animal. A prisão foi realizada pelo 2º Batalhão de Polícia Militar Ambiental.

Polícia aprendeu animais mortos, carcaça e armas – Foto: PMSC/Divulgação/NDPolícia aprendeu animais mortos, carcaça e armas – Foto: PMSC/Divulgação/ND

Conforme a Polícia Militar, após receber denúncia, os policiais foram até a propriedade, flagrando os caçadores com duas espingardas calibre 12, sendo que uma delas estava com a numeração raspada. Eles também estavam com uma carcaça de animal silvestre abatido.

Os dois caçadores foram conduzidos à Delegacia de Polícia para as providências judiciais.

Leia também:

Um dos caçadores tem registro de CAC (caçadores, atiradores e colecionadores) junto ao Exército, como também autorização do Ibama para controle do javali. A situação será informada às instituições, afirmou a PM.

De acordo com a Polícia Militar, os dois homens devem responder por crime e um processo administrativo ambiental, que tramitará junto ao Comando de Policiamento Militar Ambiental da Polícia Militar de Santa Catarina.

Participe do grupo e receba as principais notícias
de Chapecó e região na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Segurança

Loading...