Estudante morre na BR-282

Rodovia já ultrapassou a BR-101 na estatísca das estradas que mais matam no Estado. Trecho mais perigoso está na Grande Florianópolis

A falta de atenção no quilômetro 108 da BR-282, Alfredo Wagner, pode ter sido a causa do acidente fatal do estudante Everson Scheidt, 18 anos, sábado de madrugada. Ele retornava para casa ao volante do Gol LYU-4026 (Alfredo Wagner) e trazia dois adolescentes de carona, quando perdeu o controle da direção do carro, na descida da serra. Everson morreu na hora e os dois adolescentes foram levados para o  Hospital Regional de São José, onde continuam internados com lesões graves.

A BR-282 tem chamada atenção da Polícia Rodoviária Federal pelo aumento de colisões fatais.  Um dos trechos mais perigosos  fica entre Santo Amaro da Imperatriz e o Morro da Boa Vista, no 78, em Rancho Queimado, por causa das rampas.  Quem vem de Lages, com destino a Palhoça tem que ter cuidado nas  curvas.  Se o motorista não tiver atenção redobrada e trafegar em velocidade incompatível colide no veículo que está subindo a serra.

Segundo o chefe da unidade da Polícia Rodoviária Federal de Rancho Queimado, Leandro Andrade, 33 anos, neste trecho não existe acostamento e em dias de chuvas ocorre um festival de colisões.  Continuando a descida em direção a Palhoça, outro ponto crítico é o km 40, em Águas Mornas, na Grande Florianópolis, por causa do tráfego pesado (carretas e caminhões).

Nos dois primeiros meses deste ano a 282 liderou a estatística: 31 mortes, ultrapassando a BR-101 que registrou 16 colisões fatais, e a 470, 14 mortes.

Na opinião do presidente da comissão de infra-estrutura da Polícia Rodoviária Federal, Gilberto Durigon Freitas, 49 anos, se a 282 fosse construída de acordo com o projeto original ela seria bem mais segura. “Ela foi caracterizada no projeto inicial de rodovia Classe I, com nove viadutos, acostamentos, terceira faixa, distância de visibilidade de ultrapassagens e outros itens de segurança”.

Participe do grupo e receba as principais notícias
da Grande Florianópolis na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Segurança

Loading...