Farra do boi termina em prisão de 28 pessoas em Bombinhas, norte de Santa Catarina

Grupo entrou em confronto com a Polícia Militar

Depois de maltratarem um boi durante uma farra – o animal foi encontrado com uma lesão grande na parte superior da pata esquerda dianteira -, um grupo de farristas não gostou da presença da Polícia Militar que deslocou até a rua Colibri, em Bombinhas, Litoral Norte do Estado, para coibir a prática, e passou a atirar pedras e pedaços de madeira contra os militares.

Foram necessários 23 disparos de munição não-letal de borracha. Controlada a situação, foram presos ou apreendidos 28 pessoas, adultos e adolescentes, respectivamente.

O animal foi recolhido pela Cidasc na faixa de areia, exausto, bebendo água do mar. Um veículo Celta, com placas de Itapema, foi notificado e recolhido.

Acesse e receba notícias de Bombinhas e região pelo WhatsApp do ND+

Entre no grupo
+

Segurança