Feriadão já soma 11 mortes em rodovias de Santa Catarina 

Levantamento das policias mostra que a maioria dos acidentes são batidas frontais entre veículos

As colisões frontais foram as responsáveis pelo maior número de vítimas fatais nas rodovias de Santa Catarina no feriadão da Independência. Desde sexta-feira (4), 11 pessoas morreram em acidentes nas estradas.

Um levantamento preliminar das polícias indica que sete pessoas morreram nas vias federais e quatro em estaduais.  As operações “Independência 2020” da PRF (Polícia Rodoviária Federal) e da PMRv (Polícia Militar Rodoviária) iniciou na sexta-feira e segue até o início desta semana.

Sexta-feira (4): 

Blumenau, às 3h18 de sexta: uma batida frontal entre carro, caminhonete e caminhão no km 59,3 da BR-470, matou dois ocupantes de um Fox, com placas de Indaial, segundo a PRF. O motorista de 43 anos e um passageiro de 40, morreram na hora. Outro homem foi socorrido com lesões graves. No Volvo VM 270, de Taió e na MMC/L200, de Pomerode ninguém se feriu. 

Homem de 30 anos morre em acidente de motocicleta em Rio do Sul – Foto: Reprodução/ND

Rio do Sul, às 21h50: um homem de 30 anos morreu em um acidente envolvendo uma motocicleta CB 300 e um Peugeot, placas da cidade no km 355 da SC-350. O motociclista era morador de Timbó e faleceu no local do acidente.

Ituporanga, às 21h30:  um homem de 45 anos, condutor de um Voyage, perdeu a vida ao bater em um trator agrícola na SC-350, no trecho que corta o bairro Cerro Negro. Ele foi encontrado morto pelos bombeiros. 

Sábado (5): 

São José do Cerrito, às 00h02: uma batida frontal entre um Uno, com placas da cidade e um caminhão 24.280, de Blumenau, matou o motorista do carro de 23 anos. A colisão ocorreu no km 275 da BR-282. O caminhoneiro, de 36 anos, não se feriu, conforme a PRF. O acidente foi próximo à localidade de Salto dos Marianos.

Água Doce: carro em que estava Fagner Melo, de 32 anos, ficou destruído após o impacto – Foto: Bombeiros/ND

Água Doce, às  00h30: um Agile, com placas da cidade, saiu da pista e bateu em uma árvore às margens da SC-150, no km 61. O motorista, de 32 anos, morreu no local, conforme a PMRv.

Nova Trento: o condutor, um jovem de 21 anos, não resistiu aos ferimentos e veio a óbito – Foto: PMR/ND

Nova Trento, às 00h30: um jovem, de 21 anos, morreu em uma saída de pista no km 141,150 da SC-108. A PMRv informou que  ele conduzia um Palio, com placas de Palhoça, que atingiu um poste de energia elétrica.

Rio Negrinho, à 1h35: o piloto de uma Honda CG 125, de 23 anos, morreu ao bater de frente com um Megane, ambos com placas de São Bento do Sul. A colisão ocorreu no km 123 da BR-280. A PRF informou que no carro, o motorista de 38 anos, não se feriu. 

Florianópolis, às 6h30: um motociclista, de 38 anos, morreu ao bater em um objeto parado no km 4 da BR-282. Ele pilotava uma Honda CG 125 Fan, de Palhoça, e morreu na hora.

Pouso Redondo, às 9h10:  um caminhão Cargo, com placas de Correia Pinto, saiu da pista e tombou no km 192 da BR-470, na Serra da Santa. O motorista, de 59 anos sofreu ferimentos leves, mas, a passageira, de 52, morreu na hora. O veículo estava carregado com toras.

Pouso Redondo: mulher morreu na hora – Foto: Reprodução/ND

Domingo (6): 

Ponte Serrada, às 10h00: um motorista de Uno, com placas de Xanxerê, morreu ao bater de frente com uma carreta Stralis, de Seara, no km 468 da BR-282. O rapaz tinha 26 anos e faleceu na hora. O caminhoneiro foi socorrido com ferimentos graves.

Jovem de 26 anos morreu no acidente – Foto: Bombeiros/ND

+

Segurança