Florianópolis registra 48 ocorrências de descumprimento de medidas sanitárias no feriado

Um restaurante foi interditado após a Polícia Militar flagrar 300 pessoas aglomeradas e sem o uso de máscaras; portaria proíbe aglomerações

O feriado de Nossa Senhora Aparecida foi de fiscalização da Polícia Militar, Guarda Municipal e Vigilância Sanitária em Florianópolis. Ao todo, foram registradas 48 ocorrências de descumprimento das medidas sanitárias na Capital.

Florianópolis tem 48 ocorrências por descumprimento de medidas sanitárias no feriado – Foto: GMF/DivulgaçãoFlorianópolis tem 48 ocorrências por descumprimento de medidas sanitárias no feriado – Foto: GMF/Divulgação

No domingo (11), um restaurante no Norte da Ilha foi interditado após a Polícia Militar flagrar cerca de 300 pessoas no local. Além da aglomeração, muitas delas não faziam o uso de máscaras e estavam em pé fazendo consumo de bebidas, o que é proibido.

Outros dois estabelecimentos na mesma região foram notificados por descumprimento das medidas sanitárias. Ao todo, a PM atendeu a nove ocorrências.

A Guarda Municipal também atuou na fiscalização durante o feriado, atendendo 32 ocorrências do tipo. Os agentes fecharam seis estabelecimentos por descumprimento das medidas sanitárias.

Junto à Vigilância Sanitária, o órgão vinha fazendo um trabalho de orientação em bares, restaurantes e demais estabelecimentos comerciais desde a última sexta. No sábado (10) voltaram a fiscalizar os mesmo locais.

A Vigilância Sanitária realizou 20 vistorias, sendo que quatro delas resultaram em multas. Uma delas foi registrada em uma residência onde ocorria uma festa com a aglomeração de pessoas que não moravam no local.

Foram realizadas ainda três interdições de estabelecimentos com realização de festa ou evento com aglomeração permitindo o consumo por pessoas de pé, e circulação de pessoas sem máscaras e distanciamento necessário.

Portaria proíbe aglomerações

Com risco grave para a transmissão do novo coronavírus, Florianópolis segue as medidas impostas da portaria 592 da SES (Secretaria de Estado da Saúde) para determinar o funcionamento das atividades.

Nas praias é permitida a prática individual de esportes e atividades físicas condicionadas ao distanciamento social mínimo de 1,5 metro e o uso obrigatório de máscara. A utilização de arenas para prática esportiva pode ser feita por grupos de até quatro pessoas.

Florianópolis tem medidas sobre permanência nas praias  – Foto: Anderson Coelho/NDFlorianópolis tem medidas sobre permanência nas praias  – Foto: Anderson Coelho/ND

Estabelecimentos que ficam nas praias estão autorizados a colocar mesas e cadeiras na areia até às 18h. Já o consumo de alimentos e bebidas só é permitido por pessoas sentadas.

Restaurantes, bares, food parks e lanchonetes podem funcionar até à 1h, mas a entrada de clientes fica restrita à 0h. Todo estabelecimento que descumprir as regras podem ser interditados por até sete dias, sem a aplicação de multas.

Florianópolis volta a ter bairro sem caso de Covid-19

Após ter alta no número de casos ativos do novo coronavírus em seus bairros, Florianópolis voltou registrar um local sem casos. A Armação, no Sul da Ilha, não tem moradores infectados pelo vírus.

O bairro com maior número de casos continua sendo o Centro, que tem 48 infectados. O número é menor se comparado ao dado do último dia 8, quando foram registrados 66 contaminações.

Vargem Pequena, Canto da Lagoa, Costa da Lagoa e Pântano do Sul tem apenas um caso ativo entre seus moradores. Com exceção da Vargem que manteve o número de casos do último levantamento do ND+, os outros três tiveram queda no número de casos.

Os dados são da Sala de Situação da Vigilância Epidemiológica e foram atualizados na manhã desta terça-feira (13).

Confira os casos ativos por bairro:

Participe do grupo e receba as principais notícias
da Grande Florianópolis na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.

+

Segurança