Formatura de 328 novos policiais militares garante reforço na segurança em Santa Catarina

Solenidade no dia de Tiradentes, patrono da corporação, contou com presença de autoridades

Antônio Carlos Mafalda/Divulgação/ND

Novos policiais vão reforçar segurança em 11 regiões catarinenses

O governador Raimundo Colombo participou, sábado (21), da formatura do Curso de Formação de Soldados da Polícia Militar de Santa Catarina. A solenidade, que fez parte das comemorações da PM em homenagem ao dia de Tiradentes, foi realizada no Centro de Ensino da instituição, em Florianópolis. “A partir de agora, 328 novos soldados estarão a serviço da sociedade, nas mais diversas missões do setor de Segurança Pública em 11 regiões do Estado”, informou o governador.

Raimundo Colombo desejou sucesso aos novos policiais e falou do quanto a sociedade catarinense respeita o trabalho deles. “Vocês estão todos muito bem preparados para proteger o nosso povo. Essa é uma missão que exige muita coragem. Vocês estão colocando a própria vida à disposição do bem de um estado inteiro. A partir de hoje, Santa Catarina está mais forte.”

O grupo conta com um número bastante expressivo de mulheres, são 65. Entre elas, está Daniela de Oliveira André, que recebeu o distintivo do curso por se destacar como a primeira colocada, alcançando média geral 9,78. A formanda admitiu que o treinamento exigiu muito esforço e sacrifício, mas que agora estava realizada. “Foram muitos finais de semana estudando sem poder visitar minha família, mas esse sempre foi meu sonho. Agora não vejo a hora de voltar para Braço do Norte e começar a trabalhar lá”, declarou.

Os novos policiais também receberam um kit de equipamentos de proteção individual composto de pistola ponto 40 com carregador, munição, algemas, spray de pimenta, colete balístico, cinto de guarnição e cassetete. O material é considerado essencial para que o policial possa executar suas funções com mais qualidade e segurança. A meta é que nos próximos anos todo o efetivo seja atendido, já que essa é uma iniciativa inédita em 176 anos de existência da Polícia Militar.

Para o secretário de Estado da Segurança Pública, Cesar Grubba, a formatura dos novos policiais faz parte de uma das maiores ações de recrutamento de servidores para o setor dos últimos dez anos. Só em 2011, foram abertas 1.202 novas vagas para a Polícia Militar e outras 512 para a Polícia Civil, entre delegados, agentes, escrivães e psicólogos. “Estamos trabalhando com critério e responsabilidade para a recomposição da capacidade operacional das polícias. Nosso desafio é vencer essa defasagem de efetivo histórica, na grande maioria dos municípios.”

O comandante-geral da PM, coronel Nazareno Marcineiro, reforçou que o trabalho continua desafiador. “Estamos felizes por poder contar com esses 328 novos policiais, mas até 2014 temos como meta um efetivo com 14.500 integrantes. A formação de novas turmas não pode parar.”

Os novos policiais serão distribuídos por regiões da seguinte forma: Florianópolis, 49; Lages, 65; Balneário Camboriú, 19; Chapecó, 46; Joinville, 31; Criciúma, 20; Blumenau, 23; Tubarão, 22; São Miguel do Oeste, 27; Joaçaba, 17; e São José, 12.

Durante a cerimônia, que foi acompanhada por autoridades e familiares dos formandos, ocorreu uma série de homenagens. A primeira foi à Joaquim José da Silva Xavier, o Tiradentes. O governador Raimundo Colombo e o comandante-geral da Polícia Militar, coronel Nazareno Marcineiro, acompanharam os alunos soldados que conduziram uma coroa de flores até o busto do também patrono da Polícia.

Depois, os policiais que se destacaram durante o curso foram agraciados com a medalha Feliciano Nunes Pires, concedida pelo governo do Estado, mediante proposta do comandante-geral. Receberam a premiação, o soldado Alexandre da Silva, categoria bronze; o cabo Bruno Alves de Moraes, categoria prata; e o sargento Marciano Lucio Panca, na categoria ouro.

A turma leva o nome do soldado Ilvânio Marcos Sehnem, uma homenagem ao colega de farda morto em serviço no dia 9 de outubro de 2007, quando prestava atendimento às vítimas de uma das maiores tragédias ocorridas em rodovias catarinenses, em Descanso, Extremo-Oeste de Santa Catarina. Na oportunidade, os pais do soldado também foram homenageados. “A saudade é enorme, mas estamos felizes e honrados por ele ter sido lembrado de forma tão carinhosa”, declarou emocionada Ilva Sehnem, mãe do militar.

Acesse e receba notícias da Grande Florianópolis pelo WhatsApp do ND+

Entre no grupo
+

Segurança