Grupo decepa mão de jovem em Joinville

Segundo moradores do bairro Jardim Sofia, vítima é suspeita de praticar furtos na região

reprodução Tribuna do Povo/ND

Vítima foi socorrida por paramédicos e levada para o Hospital São José

A lei islâmica, chamada de “Sharia”, prevê que ladrões tenham uma das mãos amputadas como forma de punição pelo crime que cometeram. No Brasil, a legislação estabelece penas que variam de um a quatro anos de prisão para os acusados de furto, artigo 155 do Código Penal. Na noite de quinta-feira (19), grupo de aproximadamente dez homens resolveu adotar o castigo aplicado em países muçulmanos e por conta própria amputar a mão de um jovem de 18 anos que, segundo moradores relataram à Polícia Militar, seria responsável por diversos furtos na região do bairro Jardim Sofia, zona Norte de Joinville.
A agressão aconteceu às margens da ponte sobre o rio do Braço, final da rua Manuel Calixto Rodrigues.

Leia a matéria completa na edição de sábado (21/4/12) do jornal Notícias do Dia.

Acesse e receba notícias de Joinville e região pelo WhatsApp do ND+

Entre no grupo
+

Segurança