Grupo vai para motel, se nega a pagar conta e polícia é chamada em Jaraguá do Sul  

Oito pessoas pernoitaram em um motel e na hora de sair não quiseram pagar a conta por discordar do valor; PM foi chamada e acabou encontrando drogas nos veículos dos envolvidos

Uma ocorrência policial chamou atenção em Jaraguá do Sul, Norte do Estado, no último domingo, dia 21.

Por volta das 14 horas, a Central Regional de Emergências recebeu a informação de que um grupo de pessoas se negava em saldar dívida após utilização de motel na rua Horácio Rubini, bairro Barra do Rio Cerro.

Os policiais militares do 14º Batalhão foram ao local e conversaram com a solicitante, a qual relatou que um grupo de oito pessoas pernoitou no estabelecimento e ao sair estava se negando em saldar a dívida por discordar do valor cobrado.

Os dois veículos em que o grupo estava – um Toyota Hilux e um Citroen C4 Palla – foram abordados pelos policiais e realizada busca veicular e pessoal nos ocupantes.

 Maconha;  MDMA,  ecstasy  foram os entorpecentes encontrados nos carros do grupo que pernoitou no motel – Foto: Polícia Militar de Jaraguá do Sul/Divulgação ND Maconha;  MDMA,  ecstasy  foram os entorpecentes encontrados nos carros do grupo que pernoitou no motel – Foto: Polícia Militar de Jaraguá do Sul/Divulgação ND

Ao todo, foram localizados e apreendidos 15 gramas de maconha; 8 papelotes de MDMA, e 1 comprimido de ecstasy.

Um Termo Circunstanciado foi lavrado contra os envolvidos que assumiram a posse do entorpecente: um homem e uma mulher, ambos com 27 anos, e um casal de 35.

Quanto ao valor pelo uso do motel, os policiais fizeram a mediação e a dívida com o estabelecimento foi paga.

Com o grupo também havia um homem de 31 anos que se apresentou e mostrou identidade funcional de guarda municipal do município de Balneário Camboriú, e que portava uma pistola Taurus calibre 380, com devido porte e registro. Como os policiais não constataram nenhuma irregularidade, o cidadão foi liberado com a arma.

Leia também

Motorista morre em grave acidente m Garuva

Taxa de ocupação de UTIs chega a 64% em Joinville

+ Segurança